Maneskin e Rosalía: quem subiu e quem desceu no primeiro semestre de 2021

LatinPop Brasil segue a retrospectiva do primeiro semestre de 2020. Afinal, amanhã a gente inicia a etapa final do que é, certamente, mais um ano louco das nossas vidas.

Nós já listamos os fatos que marcaram a música latina nesses primeiros seis meses, agora é hora de analisar: quem se destacou e ganhou estrelinha dourada, e quem está merecendo um sacode para recuperar nossa confiança.

DESTAQUE: OS 10 FATOS QUE MARCARAM A MÚSICA LATINA EM 2021

SOBE em 2021

Maneskin

O grupo italiano venceu o Festival de Sanremo e o Eurovision Song Contest em 2021. Mais foi muito além: nada de ficar apenas com troféus, eles foram atrás da consagração mundial. Depois de Arcade hitar no Tik Tok e transformar Duncan Laurence em um nome conhecido no panorama musical global, era difícil imaginar que a história se repetisse em 2021. Até a vitória do grupo na última edição do festival europeu, realizado em maio.

A banda descoberta no X Factor Itália em 2017 é o fenômeno do primeiro semestre e colocou seu último álbum, Teatro D’Ira entre os mais ouvidos do Spotify global.

Na plataforma, o grupo liderado por Damiano soma quase 30 milhões de ouvintes mensais. Eram 13 milhões em maio.

O sucesso, neste caso, não veio sem ônus e drama. Após as acusações infundadas de que o frontman teria usado drogas durante a votação da final do ESC, refutadas após um teste toxicológico, veio a troca de manager menos de um mês após a vitória.

Marta Domà acompanhava o Maneskin desde o X Factor. Nas redes sociais, ela lamentou a decisão unilateral, mas foi “diplomática” desejando sorte ao quarteto. Nos bastidores, contudo, os rumores são de que a a representante de Francesca Michielin e Marco Mengoni tenha considerado o rompimento uma traição.

A formação buscaria alguém com perfil internacional para lidar com a explosão após a vitória em Roterdã, na Holanda.

Agora, Maneskin lida com outra acusação. Dessa vez, de plágio. Segundo o vocalista do grupo holandês The Vendettas, Joris Lissens, Zitti e Buoni seria uma cópia de You Want It, You’ve got it, tema gravado em 1994.

À RTL, ele disse: “É como se fosse uma canção nossa. A pergunta agora é se isso é plágio. Esses jovens ainda não eram nascidos na época do nosso grupo, mas como eles mesmo dizem ‘o rock and roll nunca morre”.

O sucesso não veio sozinho para os italianos.

Quem também subiu: J Balvin, Danna Paola, RBD, Carlos Rivera, Pedro Capó

DESCE em 2021

Rosalía

Personagem de mainstream, Rosalía não apresenta um trabalho convincente desde Con Altura, sua parceria com J Balvin. Vive de rumores sobre o lançamento de um novo disco e entre aspectos da vida pessoal.

Amiga da família Kardashian, esteve mais na página de Entretenimento do que de Música. Participou de vários remixes, como no aguardado Blinding Lights, com Weeknd, gravou com Billie Elish, mas acabou virando meme.

Precisa urgentemente se reencontrar com a boa fase de El Mal Querer ou vai se tornar one Hit Wonder ou caricatura para os fãs de música latina.

Quem também desceu: CNCO, Anuel AA, Anitta, Cami, Sergio Mori

spot_img