Danna Paola revela tentativa de abuso em Madri

Três anos depois, Danna Paola abriu o coração e fez uma grave denúncia em um programa no YouTube sobre a época em que gravava Élite, em Madri, na Espanha.

LatinPopCast #25: A explosão das mulheres do Cone Sul no mercado latino

A mexicana contou que após uma forte depressão, decidiu sair para jantar com uma amigo e que, no restaurante, conheceram três homens latinos. Depois de muita conversa, eles a drogaram e tentaram abusar dela.

“De repente, um dos homens me disse: esse era teu copo, não? e eu comecei a falar com ele e imediatamente comecei a me sentir mal, enjoada, com sono e pensei: tenho que ir. Os rapazes quiseram se passar nesta situação”.

LatinPop Apresenta: Zek

Por sorte, Danna conseguiu chegar em casa com a ajuda do amigo, mas precisou ser internada posteriormente: “Não me lembro do que aconteceu entre o lugar, como cheguei em casa e como terminei no hospital”.

“É algo que sua mãe sempre te diz e que não deve fazer, mas sempre faz: não tome nada de estranhos, não deixe que ninguém pegue teu copo, não flerte com estranhos em qualquer lugar. Sejamos conscientes de que, por mais fortes e independentes que sejamos, não sabemos as intenções dos outros”, completou a artista.

Amor Ordinario é o novo clipe de Danna Paola

Quando o álbum K.O (KnockOut) foi lançado, em janeiro, uma das faixas logo chamou a atenção dos fãs: Amor Ordinario, uma potente balada capaz de mostrar todo o potencial vocal de Danna Paola.

Na sexta-feira, 12 de fevereiro, a mexicana promoveu o tema a single com a estreia do clipe oficial.

A produção tem a assinatura de Charlie Nelson e o roteiro foi criado pela própria artista, ganhando um toque de sensibilidade e profundidade muito especiais.

Veja o clipe de Amor Ordinario, da Danna Paola

E, como sempre falamos por isso, é difícil ver a Danna Paola errar. Ou melhor, impossível! Desde que explodiu para o mercado global com a personagem Lucrecia, de Èlite, a artista vem levando a sua carreira musical com primor, destacando sua versatilidade ao passar pelo pop e urbano com a mesma qualidade.

O destaque de K.O. é a parceria com Mika em Me, Myself, uma das músicas mais elegantes lançadas no mercado latino nos últimos anos. Entre as inéditas, Calla Tú tem frescor, Amor Ordinario mostra sua potência vocal, Bajo Cero é a prova de que Danna não caiu na moda do reggaetón, Justified comprova sua veia pop, T.A.C.O. fecha o disco com proposta dançante e alto astral.

Knockout de Danna Paola é infinitamente superior a Sie7e, o disco anterior, justamente porque mostra todas as facetas da artista. E olha que nem falamos sobre a obra-prima que é a capa, um detalhe que tem passado desapercebido em muitos trabalhos que chegaram no mercado nos últimos anos.

Um disco que já nasce para brigar como um dos melhores lançamentos de 2021.

Comentários do Facebook
spot_img
Comentários do Facebook
X