Connect with us

Notícias

Antes de colaboração com CNCO, RIKI estreia Tremo (Dolce Vita)

Published

on

Tremo (Dolce Vita) é o novo single do RIKI

Parece que a Itália quer ganhar mais uma estrela internacional. Depois de lançar um single em espanhol e anunciar uma colaboração com a CNCO, RIKI olha mais uma vez para fora das fronteiras de casa com a estreia de Tremo (Dolce Vita) – 2018. 

+ Leia Mais: CNCO antecipa novo disco com a inédita Fiesta En Mi Casa

A canção nada mais é do que uma nova versão de Tremo, uma das faixas do disco Mania. Ela agora ganhou um novo título, Dolce Vita, e um novo arranjo assinado por Oscar Hale. Hale venceu o Oscar por Writing’s On The Wall, interpretada por Sam Smith para a trilha sonora do último filme de James Bond.

A escolha do novo single é um presente para os fãs.

“Aqui a gente quis fazer algo grande porque sabemos que essa é a música que vocês mais gostam em ‘Mania‘”, explicou RIKI em um post nas redes sociais.

Nos próximos dias, Tremo (Dolce Vita) – 2018 ainda vai ganhar um videoclipe.

Ouça Tremo (Dolce Vita), novo single do RIKI

Letra de Tremo (Dolce Vita) – RIKI

Come stai io sono in stanza
Sto scrivendo a degli amici per distrarmi
è che mi sento un vuoto in pancia
Come aerei e temporali in mille viaggi
Essere tuo amico non mi cambia niente
Dicono di aver pazienza e darti tempo
Mi sveglio e mi domando se va tutto bene
Si va tutto bene
Ma dopo mi ricordo e poi non mi addormento

E intanto tremo, tremo
Tanto c’è chi non ci crede
E quando cedo, cedo
Faccio finta che stia bene
E quando parlerò di te
E so che perdo tempo inutile
Perchè poi tremo e tremo
Chiudo gli occhi e sogno e allora tu ci sei
E qui vicino adesso sei

Altro impegno altro albergo
Altra corsa per rincorrerci per sempre
Più cuscini sul mio letto
Non ho sonno e tutto questo non mi serve
Quante cose perse che potremmo fare
Ora ti accontenti ma non sei contenta
Non ho fame e mangio per non starci male
Un po’ meno male
E meno male adesso che la luce è spensa

E intanto tremo, tremo
Tanto c’è chi non ci crede
E quando cedo, cedo
Faccio finta che stia bene
E quando parlerò di te
E so che perdo tempo inutile
Perchè poi tremo e tremo
Chiudo gli occhi e sogno e allora tu ci sei
E qui vicino adesso sei

X