Connect with us

Notícias

RBD pode se reunir parcialmente em junho

Published

on

As resoluções para 2019 com música latina

Rouge, Spice Girls, Jonas Brothers… a onda de reunions parece ter, enfim, chegado ao mundo latino. Sim, é bomba! E no âmago do assunto para quem gosta desse mercado.

Ainda não é do jeito que todo mundo sonhou, mas a imprensa peruana anunciou nesta segunda-feira, 6 de maio, um reencontro parcial do RBD. Mas, calma: não será todo o sexteto que subirá ao palco do ginásio Maria Angola em 7 de junho.

O banner mostra Christian Chávez ao lado de uma figura feminina do grupo. A suposta turnê ganhou o nome de Corazones Rebeldes. E, por incrível que pareça, a aposta é de que Anahi será a companheira do eterno Giovanni, primeiro por ser a integrante mais próxima dele. Segundo, porque tanto Maite Perroni, quanto Dulce Maria estão envolvidas em outros projetos.

Foto de divulgação

Foto de divulgação

Além disso, a mãe do pequeno Manuel sempre foi a mais solícita quando o assunto é o reencontro da banda. Ela deixou a carreira após a maternidade e a possibilidade de voltar ao palco em solo peruano marcaria sua retomada de carreira após três anos, quando lançou o CD Inesperado.

Já o RBD publicou seu último álbum, Para Olvidarte de Mi, em 2009, ou seja, há exatamente uma década.

Irmã de Anahi criticou fãs da cantora

“Eu fico pensando se os fãs gostam realmente dela, ou somente da artista, sabe?

Foi assim que Marichelo, irmã da Anahi, refletiu sobre a atual relação da ex-RBD com os fãs, que cobram insistentemente sua volta à carreira artística.

“Entendo que está tudo muito parado, sei que isso é estranho, mas a verdade é que, de verdade, ela está vivendo a melhor etapa de sua vida. Está sendo uma mulher plena e feliz com seu filho em seus braços e marido. Isso deveria dar muita felicidade aos fãs”, disse a atriz à TV INtrusos.

Anahi lançou seu último álbum, Inesperado, em 2016. Em seguida, anunciou a gestação de Manuel, seu primeiro filho com Manuel Velasco, e sumiu dos holofotes.

A eterna Mia Colucci, inclusive, já disse que pretende focar em sua família daqui por diante, deixando a vida artística de lado. Muitos atribuem sua postura atual à vida política do marido, que teria tornado impossível que ela conciliasse a fundação de primeira-dama do estado de Chiapas, no México, com a música.

Alada?

No ano passado, a volta da Anahi chegou a ser cogitada. O registro de uma nova canção, intitulada Alada, fazia seu retorno à carreira parecer iminente.

O single teve, inclusive, uma data de lançamento divulgada e foi comemorada por Noel Schajris, autor da canção. Seu empresário, Guillermo Rosas, também disse que ela voltaria em 2019, mas não há qualquer indício de que isso vá acontecer.

Principalmente depois das últimas declarações da mexicana sobre o tema: o retorno não está em seus planos atualmente:

X