Primeira integrante da nova versão de Rebelde é revelada

Farina. Guardem esse nome. A reggaetonera colombiana é o primeiro nome confirmado na nova versão de Rebelde, ainda sem data para ir ao ar. A cantora tem 31 anos e nasceu em Medellín e tem como principais sucessos canções como Pongan Atención, Pum Pum e Mejor Que Yo.

A artista foi revelada no X Factor local no ano de 2005 e é a segunda colombiana de contrato assinado com a Roc Nation, assim como a conterrânea Shakira.

E foi a própria quem compartilhou a novidade em sua conta no Instagram:

https://www.instagram.com/p/BelRWenHLIh/?taken-by=farinamusic

https://www.instagram.com/p/Beb7PtYHFqF/?utm_source=ig_embed&utm_campaign=embed_ufi_control

A imprensa do país já especula que ela terá um dos papeis protagonistas da nova produção.  Greeicy Rendón, outra colombiana, também é dada como certa no elenco, mas ainda não há confirmação oficial.

Segundo revelou Dulce Maria, a nova versão será uma continuação da novela mexicana de maior sucesso dos anos 2000, de onde saiu o RBD.

“O Pedro quer fazer como uma segunda geração. Seria a geração seguinte, como outra que sai da mesma escola”, disse a atriz e cantora. “Eu acho muito legal que seja dado continuidade a algo que marcou nossas vidas”.

Os rumores apontam para um brasileiro no casting da nova produção de Pedro Damián.

Alfonso Herrera esquenta rumores sobre reencontro

Tem muito coração de fã do RBD batendo mais forte em 2018, ano que marca o décimo aniversário do último show do sexteto formado por Anahi, Alfonso Herrera, Dulce Maria, Christian Chávez, Maite Perroni e Christopher Uckermann.

+ Leia Mais: Ator voltará ao teatro em La Sociedad De Los Poetas Muertos

+ Leia Mais: Pedro Damián mostra possíveis integrantes da nova banda

Entre as dezenas de especulações sobre reencontro, nova série, nova banda e do lançamento do documentário, mais um ingrediente foi adicionado à miscelânea de informações acerca do grupo que marcou época nos anos 2000: Alfonso Herrera esteve na sede da Televisa, no México, pela primeira vez desde que encerrou seu contrato com a emissora em 2013.

Lá, ele ainda se encontrou com Pedro Damián, criador do RBD e do documentário que mostrará imagens dos bastidores da formação original. Poncho também se reuniu com Alejandro Benítez, diretor de talentos da empresa, segundo informa a publicação Siete.

Embora todos os integrantes sejam taxativos sobre a dificuldade de realizarem um reencontro em 2018, o sensor de “onde há fumaça, há fogo” já foi ativado. Apenas Dulce Maria expressou publicamente seu desejo de reunir os colegas para a estreia do documentário, provavelmente em setembro.