Maratona de shows coloca Ruth Lorenzo no Guinness Book

Oito shows. Oito cidades. Apenas 12 horas. Foi essa maratona que fez de Ruth Lorenzo a mais nova integrante do Guinness Book, o Livro dos Recordes.

No último dia 19 de outubro, a representante da Espanha no Eurovision 2014 passou a ser a pessoa com o maior número de shows oferecidos em diferentes cidades em apenas meio dia depois de se apresentar seguidamente em Murcia, Hellín, Albacete, Villarrobledo, Manzanares, Consuegra, Toledo e Madri entre as 10 da manhã e as 9 da noite.

O certificado que credita Ruth Lorenzo como recordista mundial foi entregue a ela logo depois da última apresentação, na tradicional Sala Caracol na capital da Espanha.

Ruth Lorenzo está no Guinness Book
Imagem: Facebook Ruth Lorenzo

Mas o recorde tem uma causa mais do que nobre. A #UnRécordPorEllas era uma ação do Outubro Rosa para chamar a atenção para a luta contra o câncer de mama na Espanha.

Além da maratona musical, Ruth Lorenzo também gravou a canção Voces, hino da quarta edição do show solidário Cadena 100 Por Ellas, organizado anualmente pela rádio Cadena 100 para arrecadar fundos a luta contra o câncer de mama. Tudo o que for arrecadado com a venda da canção será doado para a Asociación Española Contra el Cáncer (AECC).

Voces, música que tirou de David Bisbal o número 1 no dia da estreia de sua novíssima Antes Que No, foi escrita pela própria Ruth Lorenzo e produzida por Pablo Cebrián. Na gravação, a artista murciana contou com a colaboração do coral Gospel Factory e de um grupo de mulheres que superaram o câncer de mama.

“Tentei buscar a luta e o otimismo dentro de algo tão horrível como é o câncer. (A mensagem da canção) é unir as nossas vozes para superar a adversidade”, explicou a artista.

Ouça Voces, single solidário de Ruth Lorenzo

Fãs pedem Ruth Lorenzo de volta ao Eurovision

Se depender dos espanhóis, Ruth Lorenzo vai estar de volta ao Eurovision em 2017. A murciana venceu o processo seletivo criado pelo site especializado no Festival Eurovision-Spain.com com uma larga vantagem para o segundo colocado: Alvaro Soler.

A vitória é uma resposta a uma promessa feita pela própria Ruth logo após sua primeira experiência eurovisiva, em 2014: ela gostaria de voltar três anos depois, ou seja, em 2017.

Até o momento, a RTVE ainda não revelou o formato de seleção de seu representante no Festival europeu. Toñi Prieto, diretora de programas de entretenimento da emissora, já admitiu publicamente que nenhuma decisão foi tomada.

X