Mala Rodríguez deixa zona de conforto e faz de Mala um disco surpreendente

Sete anos após Bruja, Mala Rodríguez está de volta aos lançamentos discográficos. E quem esperava a espanhola em sua zona de conforto dentro do pop urbano vai se surpreender com Mala, que chegou às plataformas digitais na última sexta-feira (1).

Do rap ortodóxico do início da carreira, passando por baladas e chegando ao funk carioca, o sexto trabalho da artista traz à tona todo o seu repertório eclético.

Destaque: LatinPop Brasil – Luta e luto caminham juntos e exigem posicionamento

Inteligente e audaciosa, Mala Rodríguez criou uma peça sólida sem cair no lugar comum, sem que o efeito surpresa fosse esvaecido dentre os vários singles já publicados.

+ Leia Mais: Natti Natasha estreia Qué Mal Te Fue?

+ Leia Mais: Entrevista exclusiva com Paloma Mami

E como a cereja do bolo, a capa de Mala traz María Rodríguez Garrido em espetacular forma física aos 41 anos.

Ouça Mala, o novo álbum de Mala Rodríguez

X