Jade Baraldo relança o hit Brasa na versão em espanhol com Javiera Mena 

Jade Baraldo se prepara para relançar o seu maior sucesso da carreira, a faixa “Brasa”. Nesta quinta-feira (24), a cantora divulgou nas suas redes sociais um vídeo contando a novidade. O single que ultrapassa 14 milhões de plays nas plataformas digitais e se consagrou no top #1 viral do Spotify por sete dias consecutivos após a sua estreia, vai ganhar uma versão em espanhol com direito a participação especial!

Destaque: Pablo Alborán está de volta com Si Hubieras Querido. Veja o clipe!

Quem coloca voz nesse trabalho, ao lado de Jade, é a cantora chilena nomeada ao Grammy Latino, Javiera Mena. A faixa já estará disponível nesta segunda-feira (28).

Na publicacao feita por Jade, ela aparece em um misterioso vídeo onde conversa com a cantora chilena por telefone, dando spoiler do que vem a ser a música Brasa na versão espanhol.

+ Leia Mais: Anahí detona Televisa ao falar sobre luta contra anorexia

E não para por aí! O relançamento vem acompanhado de um EP com outras três regravações de Jade, “Nós 2”, “Resetar”, “Oh My Baby Lets Die Together”, e a inédita “Dose”.

+ Leia Mais: Girl From Rio é o título do álbum da Anitta


 
“Eu cantando em espanhol e Javiera em português é uma mistura gostosa de se ouvir. Arranjos com referência flamenca e a voz límpida. Letra ousada e zero medo de ser feliz” explica Jade.

Relembre Brasa, o sucesso de Jade Baraldo

Letra de Brasa – Jade Baraldo

que é anorexia?
Scoop Deville
Nesse mundo de loucuras
Me perco entre tantas figuras
Fantasiadas, descartadas, descartáveis
Mas isso só não me sustenta
Estudo os teus sinais, sedenta
Desfrutando dessa insana liberdade
Silêncio no ambiente
A brasa fresca queima quente
Vadia, louca, depravada
Te quero na cama, na rua
No carro, na escada
Lambe, esfria, bate, esquenta
Eu quero, agora aguenta
Vadia, louca, depravada
Te quero na cama, na rua
No carro, na escada
Lambe, esfria, bate, esquenta
Eu quero, agora aguenta
Nesse jogo de figuras
O quadro é bem maior que tua moldura
E você pode se perder na paisagem
A chama cresce aonde venta
Confundo os teus sinais
Sedenta e prisioneira de uma estranha
Liberdade
Silêncio no ambiente
A brasa fresca queima quente
Vadia, louca, depravada
Te quero na cama, na rua
No carro, na escada
Lambe, esfria, bate, esquenta
Eu quero, agora aguenta
Vadia, louca, depravada
Te quero na cama, na rua
No carro, na escada
Lambe, esfria, bate, esquenta
Eu quero, agora aguenta
Vadia, louca, depravada
As soon as I walk through the door
We go straight to the flow
I proceed to go low
We ain’t taking it slow
We’ve got places to go
Jump in my UFO
Make my E.T. phone home
They way she moan and she groan
To the thrill, let’s go
I can’t leave it alone
Like a kiss from a rose
Listenin’ to Invoke
Or some Tony! Toni! Toné
A John B they gon’ know
Me and my Mrs. Jones
We got things going on
Feeling’s right but so wrong
Now it’s in 8 the morn’
And we still in the zone
‘Cause this murder she wrote
Rio de Janeiro, ooh
Take it down, tempo, tempo
You’re my Nala, I’m your Simba
Everything Hakuna Matata
Put it all on love
Is the brasa like volcanic lava marina?
And when we in the sheets
I’m gon’ beat you like gorilla
Te quero na cama, na rua
No carro, na escada
Lambe, esfria, bate, esquenta
Eu quero, agora aguenta
Vadia, louca, depravada
Te quero na cama, na rua
No carro, na escada
Lambe, esfria, bate, esquenta
Eu quero, agora aguenta
Vadia, louca, depravada

Comentários do Facebook
Comentários do Facebook
X