J Balvin revela depressão e amizade com filho de Pablo Escobar

J Balvin surpreendeu todo mundo ao declarar em um podcast de DJ Khaled que é amigo íntimo de Juan Pablo Escobar, filho do traficante Pablo Escobar. Na mesma entrevista, ele reconheceu que o tráfico foi uma péssima influência para seu país.

Destaque: LatinPopCast 2020 #10 – Enrique Iglesias é o maior artista latino da história?

“Sou muito amigo do filho dele e falei com ele esta manhã e perguntei o que o pai tinha feito de melhor para o mundo. A resposta foi: nos ensinou como não fazer as coisas”, segundo a agência EFE.

+ Leia Mais: Friend de Semana, com Danna Paola, Luisa Sonza e Aitana, será lançada nesta quinta-feira

“Eu vivo a dez minutos do lugar onde ele nasceu, mas estou bem com todo mundo. Por isso não tenho seguranças na Colômbia. Não nos sentimos parte disso. Ele destruiu muitas famílias, destruiu o país. (…) Ele era inteligente, mas o que há por trás disso é que muita gente inocente morreu, ele não foi um herói”.

+ Leia Mais: Becky G volta ao espanhol com Ozuna em No Drama

J Balvin nasceu em 1985, um ano depois do início do narco terrorismo na Colômbia e tinha nove quando Escobar foi morto em Medellín.

“Só quem viveu sabe o que é isso”, contou o artista recordando um triste episódio de sua infância em que um amigo, aos seis anos, viu o pai cortado em pedaços dentro de uma caixa.

Depressão volta a assombrar J Balvin

Em um emocionante desabafo, J Balvin contou nas redes sociais que não está livre da depressão.

“Ainda que vejam cor, muitas vezes está escuro por dentro, peço por saúde mental a todos que necessitamos, a ansiedade e a depressão são uma realidade, não tenham medo de aceitá-la e buscar ajuda emocional. Eu sei o que sentem, eu vivo isso e entendo quem padece”.

Comentários do Facebook
Comentários do Facebook
X