Connect with us

Eurovision

Holanda confirma favoritismo e vence o Eurovision; Itália é vice com Soldi

Published

on

Reprodução do Instagram / Duncan Laurence

Em uma votação emocionante, a Holanda confirmou o favoritismo e venceu a 63ª edição do Eurovision Song Contest, realizado no Expo Tel Aviv, em Israel. O representante Duncan Laurence, com Arcade, só confirmou o resultado com o voto do público, totalizando 492 pontos.

Pelo júri, a vitória ficaria nas mãos de John Lundvik, com Too Late For Love, da Suécia.

Para o mercado latino, a grande notícia é o vice-campeonato de Mahmood, que estava entre os cinco favoritos das casas de apostas. Em uma apresentação espetacular, Soldi pontuou bem tanto no televoto, quanto entre os jurados. A soma dos votos para o italiano foi de 465 pontos.

A terceira posição, no geral, foi da Rússia, representada por Sergey Lazarev e o tema Scream, com 369 pontos. A Suíça (Luca Hanni – She Got Me) foi a quarta colocada, com 360 pontos. Fechando o TOP 5, a surpreendente Noruega (Keiino – Spirit In The Sky) com 338 pontos.

Reveja as cinco melhores apresentações do Eurovision Song Contest 2019:

A Espanha, que chegou a figurar no TOP 15 nas casas de apostas, ficou apenas na 22ª colocação com La Venda, interpretada por Miki.

A principal atração da noite, contudo, foi a apresentação de Madonna. Além de Like A Prayer, a Rainha do Pop mostrou em primeira mão o single Future ao lado de Quavo.

Ainda não há definição sobre a organização da edição de 2020 do evento, mas é provável que o festival vá para Amsterdã, capital da Holanda no ano que vem.

Mais informações você acompanha no LatinPop Brasil durante a semana!

 

X