Fim da briga! Músicas do RBD voltarão às plataformas digitais em setembro

A maior novela sobre direitos autorais do mercado latino chegou ao fim. Televisa e Universal entraram em um acordo e irão disponibilizar todo o material discográfico do RBD na primeira semana de setembro.

Destaque: Entrevista com Emilia Mernes. Veja!

A informação foi revelada pelo perfil no Twitter @rbdmaniaco. A conta explica que conversa em privado com o diretor musical da rede mexicana colocou um ponto final na história.

As especulações sobre um acordo entre Televisa e Universal começaram no mês passado, quando vários vídeos com material do RBD foram excluídos pelo YouTube, com direitos autorais reivindicados pela gravadora.

+ Leia Mais: Danna Paola e Cali y El Dandee estreiam Nada

Em seguida, canais oficiais foram criados na plataforma de vídeo, no Twitter, no Instagram e no Facebook, deixando os fãs na expectativa de que viria um anúncio sobre a “oficialização” da discografia em breve.

A novela sobre os direitos autorais do RBD

Em maio, após uma live feita por fãs e retirada do ar justamente por questões autorais, os seguidores da banda formada por Anahí, Dulce María, Maite Perroni, Alfonso Herrera, Christian Chávez e Christopher Uckermann foram atrás de uma explicação definitiva sobre o problema.

Com a polêmica, vários fãs foram protestar contra Carlos Lara, autor e produtor de vários sucessos da banda.

+ Leia Mais: Veja o clipe de Jeans, novo single do Justin Quiles!

Em sua conta no Facebook, o mexicano reclamou de ter visto mais de cem mensagens de reclamação sobre os direitos autorais e esclareceu sua participação no projeto RBD.

“Eu não tenho os direitos do RBD. Se fosse assim, eu seria multimilionário e todos os álbuns estariam no mercado”, disse o profissional em caixa alta no depoimento. (…) Não sei quem disse que eu era o dono”.

“Os produtores de todo o projeto e compositores de algumas obras fomos Armando Ávila e eu, mas a empresa que nos contratou foi a EMI (hoje Universal), assim como a Televisa”, continuou Lara.

“Compartilho com vocês o desejo de que toda obra do RBD volte às plataformas e às lojas, mas não depende de mim. Sigam pressionando Universal e Televisa”, finalizou o produtor.

Como autor e produtor, Carlos Lara vendeu mais de 30 milhões de cópias e trabalhou com artistas como Ricky Martin, Menudo, Timbiriche, Flans, Magneto, Diego Schoening, Lynda, Yuri, Lola, Luis Fonsi, UFF, Kudai, Diego, além do RBD.

A luta valeu! Em setembro, vai ter RBD oficial em todas as plataformas digitais!

Comentários do Facebook
Comentários do Facebook
X