Pandemia adia edição de 2021 do Festival de Sanremo

Evento musical mais tradicional da Itália, o Festival de Sanremo foi oficialmente adiado nesta quinta-feira. Realizado anualmente na primeira semana de fevereiro, em 2021 ele terá o “atraso” de um mês.

Destaque: RUGGERO conta que primeiro disco está pronto

Stefano Coletta, diretor da emissora pública Rai1, organizadora e transmissora do evento, afirmou que o concurso acontecerá entre 2 e 6 de março. Segundo ele, o objetivo é permitir que Sanremo seja realizado “em sua fórmula tradicional”. “Já estamos pensando em um plano B, mas um plano B não é Sanremo”.

+ Leia Mais: Tini estreia Ella Dice com Khea

 “Será um Sanremo que reabrirá nossa normalidade”, afirmou Coletta.

+ Leia Mais: Feid é o parceiro do Piso 21 em Querida

Amadeus segue na direção artística, a exemplo do que aconteceu neste ano, acompanhado do comediante Fiorello. Diodato levou o troféu com dio.

O Festival de Sanremo é realizado no Teatro Ariston e fica na região da Ligúria, no norte do país, que pode ter sido o marco zero da pandemia na Itália.

O governador da Ligúria, Giovanni Toti, disse que resultados preliminares de três estudos revelaram que o novo coronavírus (Sars-CoV-2) circulou na região bem antes da data em que o “paciente zero” foi diagnosticado em Codogno (Lombardia).

“A análise, além da tomografia computadorizada de pulmão e os testes sorológicos nos mostram que é extremamente provável que os primeiros casos de Covid-19 na Ligúria já estavam presentes em dezembro”, explicou Filippo Ansaldi, gerente de prevenção da Autoridade Regional de Saúde (Alisa).

Com a situação sob controle atualmente, a região registrou apenas quatro casos nas últimas 24 horas e nenhum óbito. O número de mortos é de 1,3 mil e 10 mil infectados na área.

Na Itália, 13 mortes foram registradas nas últimas 24 horas. O total é de 35.017, com 244 mil infectados em todo o país.

Relembre a música que levou Diodato à vitória no Festival de Sanremo de 2020

Comentários do Facebook
Comentários do Facebook
X