Connect with us

Eurovision

Eurovision define finalistas com semifinal cheia de “nudes” e hologramas

Published

on

A australiana Dami In foi o contro das atenções na segunda semifinal do Eurovision

Se a palavra de ordem da primeira semifinal do Eurovision 2016 foi “surpresa”, a segunda eliminatória só pode ser definida como “nudes”. O que mais se viu na tarde de ontem (12) foi isso: figurinos “diminutos”, por assim dizer.

A noite começou com uma divertida abertura musical protagonizada pelos apresentadores Petra Mede e Måns Zelmerlöw, que ao estilo Broadway contaram o que eram o Eurovision para os “novatos”. Depois de explicarem as já conhecidas regras de votação, o primeiro semifinalista da noite, o letão Justs, subiu ao palco.

Logo em seguida vieram o polonês Michal Szpak, a suíça Rykka com seu figurino que “cuspia” fumaça e o israelense Hovi Star que subiu ao palco acompanhado de uma dupla de acrobatas para uma performance emocionante da sua Made Of Stars.

O quinto a se apresentar foi o bielorrusso Ivan, que pretendia subiu ao palco nu e acompanhado de um lobo. Literalmente. Como o regulamento da competição impede nudez e animais no palco, ele usou um holograma. No qual aparecia completamente nu. O “momento” virou motivo de piada para Måns, que no intervalo seguinte tirou a roupa e apareceu carregando um lobo… de pelúcia.

A sérvia Sanja Vučić ZAA subiu ao palco logo depois, seguida pelo irlandês Nicky Byrne, ex integrante do Westlife. Depois dele, veio a macedônia Kaliopi e o lituano Donny Montell, ambos no palco do Eurovision pela segunda vez.

A australiana Dami In mostrou um potencial vocal impressionante na décima posição. Ela foi seguida da eslovena ManuElla, da dançante búlgara Poli Genova e pela boyband dinamarquesa Lighthouse X. A ucraniana Jamala, cantando em tártaro da Crimeia, veio em seguida. Depois ainda chegaram a norueguesa Agnette, os roqueiros georgianos Nika Kocharov & Young Georgian Lolitaz. A albanesa Eneda Tarifa e a belga Laura Tesoro fecharam o show.

Poucos minutos antes do resultado, os finalistas diretos com direito a voto nesta semifinal (Alemanha, Itália e Reino Unido) foram apresentados. Assim como aconteceu na terça-feira, trechos das performances de todos eles foram mostrados para dar um gostinho ao público. Os vídeos completos, incluindo, claro, o de Francesca Michielin, estão no canal oficial do Festival. Assista:

No fim, os classificados foram: Letônia, Polônia, Israel, Sérvia, Lituânia, Austrália, Bulgária, Ucrânia, Bélgica e a grande surpresa: a Geórgia.

Algumas horas depois do show, a organização anunciou a ordem na qual os artistas se apresentarão na final. Francesca Michielin será a sexta a subir ao palco, entre os representantes da Hungria e de Israel. Barei virá em 19º, logo após o favorito russo. Confira a ordem completa:

1. Bélgica
2. República Tcheca
3. Hplanda
4. Azerbaijão
5. Hungria
6. Itália
7. Israel
8. Bulgária
9. Suécia
10. Alemanha
11. França
12. Polônia
13. Austrália
14. Chipre
15. Sérvia
16. Lituânia
17. Croácia
18. Rússia
19. Espanha
20. Letônia
21. Ucrânia
22. Malta
23. Georgia
24. Áustria
25. Reino Unido
26. Armênia

X