Connect with us

Notícias

Despacito alcanca marca histórica com 100 semanas nos charts da Billboard

Published

on

Luis Fonsi e Daddy Yankee perto de outra marca histórica

Despacito está prestes a cumprir dois anos de vida e continua batendo recordes e alcançando marcas históricas. O hit do Luis Fonsi com Daddy Yankee acaba de completar 100 semanas na lista de Hot Latin Songs da Billboard.

+ Leia Mais: Natti Natasha anuncia novo single: Pa’ Mala Yo e fãs fazem piada com o nome

“Quando eu escrevi ‘Descpacito’, eu jamais imaginaria que dois anos depois ela ainda estaria no alto dos Charts”, comemorou Luis Fonsi em declarações para a Billboard. ˜Isso é algo que me deixa muito orgulhoso, mais ainda mais agradecido por todo o apoio que eu recebi de todos os lugares do mundo”. 

+ Leia Mais: Lali brilha no Ano Novo de Nova Iorque ao lado de Mau y Ricky.

Despacito estreou na Hot Latin Songs no dia 4 de fevereiro de 2017. Desde então, a sua pior posição foi um impressionante quinto lugar. Luis Fonsi e Daddy Yankee são apenas os segundos artistas a chegar a 100 semanas na lista. Antes deles, apenas Romeo Santos com Propuesta Indecente (125 semanas). Veja as canções que mais tempo passaram na lista:

125 semanas – Propuesta Indecente – Romeo Santos

100 semanas – Despacito – Luis Fonsi & Daddy Yankee feat. Justin Bieber

62 semanas – Incondicional –Prince Royce

61 semanas – A Puro Dolor – Son By Four

60 semanas – Mi Corazoncito – Aventura

59 semanas Amor Confuso – Gerardo Ortiz

58 semanas – El Perdón –Nicky Jam & Enrique Iglesias

57 semanas – Hasta El AmanecerNicky Jam

56 semanas – Mi Gente – Nicky Jam & Willy William feat. Beyoncé

56 semanas – Corazón Sin Cara – Prince Royce

Despacito deu a Luis Fonsi sete recordes no Guinness Book

Shakira não está mais sozinha entre os latinos no Guinness Book. Com Despacito, Luis Fonsi conseguiu nada menos do que sete entradas no Livro dos Recordes, em ato de reconhecimento realizado na tarde de ontem (16), em Miami. O número o coloca ao lado de nomes como Lin-Manuel Miranda, Ozzy Osbourne, Rihanna e Taylor Swift, que também conseguiram a mesma quantidade de inserções em um mesmo ano.

“Sei o quanto é difícil estar no Livro dos Recordes e comparar o esta canção com outros que, para mim, foram hinos, e artistas que foram maestros para mim. Poder estar na mesma página ou relativamente cerca ao que eles conseguiram é incrível”, disse o borícua à agência Efe antes da entrega das placas.

No agradecimento nas redes sociais, o artista lembrou de citar Daddy Yankee, Erika Ender, Andres Torres e Mauricio Rengifo, todo o time de autores e produtores do hit.

X