CNCO: Déjà Vu mostra maturidade vocal em tracklist clássica

2020 tinha um script desenhado pela CNCO. O ano “inesquecível” seria marcado pelo lançamento do terceiro álbum do grupo, mas o projeto foi engavetado em função da pandemia de coronavírus.

Entrevista: Nathy Peluso – “Me definir é simplificar minha música”

No lugar do trabalho inédito, veio a notícia de que o quinteto relançaria clássicos da música latina. E o que para muitos parecia uma maneira fácil de entregar um álbum se mostrou uma decisão acertada de reposicionamento, amadurecimento e estratégia.

Enquanto o mercado desenha um movimento de arrefecimento da febre do reggaetón e migra para um som mais pop, a CNCO entra em modo de espera mostrando que sabe, como poucas formações, transitar entre os dois gêneros. O processo de transformação e viagem “interior” dos artistas fica claro na tracklist clássica, mas longe de ser jovem.

+ Leia Mais: RBD lança primeiro single do álbum ao vivo Ser o Parecer

Nomes como Franco de Vita, Enrique Iglesias, Sin Bandera convivem harmonicamente nas roupagens de 2021. A CNCO mostrou ao seu público, formado em sua maioria por jovens, que música é atemporal e que a mensagem de duas ou três décadas atrás pode ser ressignificada no arranjo, nunca na essência lírica.

O CNCO deu início à nova era do álbum com a releitura de “Tan Enamorados”. A faixa, que é a versão do grupo da música popularizada nos anos 80 por Ricardo Montaner, foi lançada junto com o clipe que homenageou um grande momento da cultura pop de 1988, com referências ao vídeo do New Kids On The Block, “(You Got It) The Right Stuff”. Após o lançamento, a música e o vídeo subiram nas paradas do YouTube Trends em toda a América Latina e receberam elogios da mídia, incluindo Rolling StoneBillboardPeople e V Magazine, entre outros. 

+ Leia Mais: Laura Pausini é indicada ao Globo de Ouro por Io Sì


 
Depois de “Tan Enamorados”, o CNCO lançou outras faixas: “Mis Ojos Lloran Por Ti,” “Hero
e “Solo Importa Tú“.  O sucesso de 1996 “Mis Ojos Lloran Por Ti”, originalmente do rapper porto-riquenho Big Boy e Angel Lopez, seguiu o tema e foi lançado com um visual que homenageia o vídeo icônico do *NSYNC “Tearin ‘Up My Heart”. Logo depois, o CNCO lançou “Hero“, sucesso global de Enrique Iglesias de 2001. O vídeo da faixa continua a temática, homenageando o vídeo icônico dos Backstreet Boys, “Show Me The Meaning Of Being Lonely”.  

O novo single do grupo, “Dejaría Todo”, é uma releitura do hit de Chayanne, lançado em 1998. A música original tem também uma versão em português que foi sucesso na voz do cantor Leonardo e foi regravada por João Bosco & Vinicius e Lauana Prado, entres outros.

Para divulgar o álbum, o CNCO se apresentou recentemente na Parada do Dia de Ação de Graças da Macy’sGood Morning America e na Parada de Ano Novo da NBC New Year’s Eve. O grupo também está programado para se apresentar no próximo Premio Lo Nuestro 2021, onde interpretará canções de Déjà Vu.

Além disso, o CNCO foi recentemente homenageado na lista anual de 30 Under 30, da Forbes, de 2021. A lista celebra indivíduos/grupos que mudam a cultura musical. Eles foram os únicos artistas latinos homenageados na classe de 2021.

Ouça o álbum Déjà Vu, da CNCO

OBRE O CNCO

Com mais de 3 bilhões de streams, 6,5 bilhões de visualizações no YouTube, shows esgotados em vários continentes, duas estreias com multiplatina em primeiro lugar na parada da Billboard Top Latin Albums e dezenas de discos de ouro e platina em todo o mundo, CNCO confirmou seu status como um dos os maiores artistas da atualidade. Sem mencionar que eles conquistaram nove Latin American Music Awards, seis Premios Juventud, quatro Billboard Latin Music Awards, três Premio Lo Nuestro, três Premios Tu Mundo, dois iHeartRadio Music Awards, três Teen Choice Awards e um Kids Choice Award. Além disso, eles receberam uma indicação ao Prêmio Latin GRAMMY®️.

Durante 2019, sua escalada para o sucesso acelerou na velocidade da luz quando os meninos subiram ao palco no Teen Choice Awards. Atraindo aclamação da crítica, a People Magazine os coroou entre seus “Ones to Watch” e a Rolling Stone os apelidou de artistas que “Detonam”. O CNCO foi o primeiro talento latino a participar das campanhas da Vevo LIFT e da MTV Push. Estourando em 2020, o grupo iluminou o palco do MTV VMA e levou para casa o título de “Melhor Performance da Quarentena”, enfrentando uma forte competição com ninguém menos que Post Malone e Lady Gaga.

Em 2021, com seu terceiro álbum, o CNCO recarrega, revisita e revitaliza clássicos do cancioneiro latino. O quinteto ganhador de vários discos de platina, indicado ao Latin GRAMMY®️ — Joel Pimentel, Richard Camacho, Erick Brian Colón, Christopher Vélez e Zabdiel De Jesús — deu seu próprio toque a três décadas de hinos. Ao fazer isso, eles estendem seu som característico para um novo território e amplificam suas vozes mais alto do que nunca.

Comentários do Facebook
spot_img
Comentários do Facebook
X