Connect with us

Habla, Pri

Carnaval é o maior acerto da carreira recente de Claudia Leitte

Published

on

Carnaval é o dueto de Claudia Leitte e Pitbull

A gente vive em um país que tem como um dos esportes oficiais odiar a Claudia Leitte. “Afetada”, cheia de caras e bocas e com atitudes um tanto controversas, a carioca “naturalizada” baiana causa de tudo, menos indiferença.

Muito antes da Anitta, ela já vinha semeando a plantinha da música latina no Brasil. E quando planejou sua carreira internacional, alvo de risos e deboche, teve a companhia de ninguém menos do que Daddy Yankee, que dispensa apresentações.

Corazón, de fato, não pegou. E nem tinha porque pegar pois era uma canção comum. Vieram outros hits em português, o bom reggaetón de Baldin de Gelo e o tiro pela culatra de Lacradora que, veja bem, poderíamos todos viver sem ela.

Aí, Claudinha anunciou que partiria mais uma vez para um voo internacional. E teria ao seu lado “só” o Pitbull. Surgiu Carnaval.

Minha primeira reação foi a óbvia de 99% da população do país que ama odiar Claudia Leitte, Milk para os íntimos. “Quero nem ouvir”. Mas, profissional que sou, dei uma chance. E não me arrependi.

Não estamos aqui falando de uma obra-prima do cenário musical, não exageremos. Entretanto, a música cumpre seu papel de entreter. Tem um refrão forte. Tem a assinatura de Pitbull que, embora não me agrade quando envereda para a sexualidade em suas canções, trouxe o frescor necessário para a música. Para o meu gosto, inclusive, se trata de um tema melhor do que Machika, de J Balvin e Anitta.

O clipe, pelas prévias, será cliclê: muito glitter, muita sensualidade, mas tem cara de superprodução.

Se esse é o recomeço da Claudinha, que abocanhou o primeiro lugar no iTunes Brasil no dia da estreia, é com o pé direito. Gostem ou não, com o Carnaval chegando, dêem uma outra oportunidade a ela: o dueto com Pitbull é o maior acerto de sua carreira nos últimos anos.

Ouça Carnaval, o novo single da Claudia Leitte

1

X