Carlos Lara sobre RBD: “Alguém mentiu para os fãs”

E segue o bombardeio de Carlos Lara, compositor e produtor do RBD, sobre os direitos autorais do sexteto.

Em conversa revelada por um fã, ele disse: “Se estivesse nas minhas mãos, toda a obra do RBD estaria disponível. Nós, autores e produtores, perdemos quando um artista tão importante está fora das plataformas. Como já te disse, alguém mentiu para os fãs”.

Crédito: @bruno__diego

O papo é mais um capítulo na novela sobre a ausência da discografia do grupo em plataformas como Spotify e YouTube.

No último fim de semana, os fãs do RBD tentaram contribuir para que as pessoas não descumprissem o distanciamento social durante a pandemia no último sábado. O evento, porém, foi retirado do ar antes mesmo do término de Ser o Parecer, a primeira música do setlist.

Com a polêmica, vários fãs foram protestar contra Carlos Lara, autor e produtor de vários sucessos da banda.

Em sua conta no Facebook, o mexicano reclamou de ter visto mais de cem mensagens de reclamação sobre os direitos autorais e esclareceu sua participação no projeto RBD.

+ Leia Mais: Christopher Uckermann diz que há máfia por trás do coronavírus

+ Leia Mais: Integrantes devem se reunir durante a pandemia

“Eu não tenho os direitos do RBD. Se fosse assim, eu seria multimilionário e todos os álbuns estariam no mercado”, disse o profissional em caixa alta no depoimento. (…) Não sei quem disse que eu era o dono”.

“Os produtores de todo o projeto e compositores de algumas obras fomos Armando Ávila e eu, mas a empresa que nos contratou foi a EMI (hoje Universal), assim como a Televisa”, continuou Lara.

Destaque: J Balvin fura a quarentena em festa de aniversário

“Compartilho com vocês o desejo de que toda obra do RBD volte às plataformas e às lojas, mas não depende de mim. Sigam pressionando Universal e Televisa”, finalizou o produtor.

Como autor e produtor, Carlos Lara vendeu mais de 30 milhões de cópias e trabalhou com artistas como Ricky Martin, Menudo, Timbiriche, Flans, Magneto, Diego Schoening, Lynda, Yuri, Lola, Luis Fonsi, UFF, Kudai, Diego, além do RBD.

A onda de protestos pela live tem colocado o RBD entre os assuntos mais comentados do Twitter. Ontem, a hashtag #FreeRBD chegou a figurar no TOP 5.

X