“Definitivamente machucou meus sentimentos. Eu não estava esperando, não estava preparada para isso – especialmente porque naquele momento eu já estava seguindo adiante. Eu fiquei tipo: ‘O quê? Por quê?’”, respondeu a dona de Havana em uma entrevista ao jornal New York Times.

“Eu estava curiosa, queria aprender e via todas essas pessoas ao meu redor fazendo música, escrevendo canções e sendo tão livres. Eu só queria fazer isso e não funcionou“, explicou ela sobre não ter tocado sua carreira solo paralela ao grupo. “Ficou claro que não era possível fazer coisas isoladas e estar no grupo ao mesmo tempo“, comentou ela acrescentando que foi colocada contra a parede para decidir se ficava ou não no 5H.

“Se alguém quiser explorar sua individualidade, não é certo que as pessoas te digam para não fazer“, referindo-se às composições com Diplo, Cashmere Cat e Benny Blanco ainda na época da banda.

Relembre Havana, o hit de Camila Cabello