Blas Cantó apresenta Memoria e Voy a Quedarme, suas propostas para representar a Espanha no Eurosivion

A TVE apresentou nesta quarta-feira, 10 de fevereiro, os temas Memoria e Voy a Quedarme, as duas propostas de Blas Cantó para o Eurovision Song Contest de 2021. O “destino” do cantor estará nas mãos do público, que deverá decidir entre as duas músicas pré-selecionadas.

Entrevista: Nathy Peluso – “Me definir é simplificar minha música”

Segundo o artista, são canções muito diferentes de Universo, com a qual defenderia a bandeira espanhola no ano passado, quando o festival foi cancelado em função da pandemia de coronavírus.

“Queremos que o público decida, não vai ter júri. Entendo que vai gerar muito debate entre um Blas ou outro, mas sempre são canções que me representam porque fiz parte da composição”, disse o murciano.

LatinPopCast #24: Qualidade x números – a herança de Despacito

“Foi um processo muito intenso, não paramos. Desde que acabou a era 2020, nos centramos muito em compor novas canções, em buscar sons que não lembrassem nossa proposta anterior. E, sobretudo, me cerquei de pessoas que queria. Compus com vários artistas e isso me deu uma visão diferente”.

A decisão será revelada no programa Destino Eurovision, ainda sem data anunciada pela emissora.

Ouça Memoria e Voy a Quedarme, as músicas de Blas Cantó para o Eurovision

Blas Cantó, por fazer parte do Big 5, se apresentará já na final do Eurovision, marcada para o dia 22 de maio, em Roterdã, na Holanda. O evento terá suas duas semifinais disputadas nos dias 18 e 20.

+ Leia Mais: Laura Pausini está pré-indicada ao Oscar

O último vencedor foi Duncan Laurence com o hit global Arcade, em 2019. Um ano antes, a campeã foi a israelense Netta com o tema Toy, outra música que desbravou fronteira em fez sucesso mundo afora.

Comentários do Facebook
spot_img
Comentários do Facebook
X