O hiato do BTS: separações que abalaram a música latina

0
181
BTS é de Seul, na Coreia do Sul
Reprodução do Instagram

O BTS anunciou nesta terça-feira, 14 de junho, um hiato no trabalho em grupo. O fenômeno do K-Pop revelou, em comunicado, que seus integrantes irão focar em álbuns e trabalhos solos por algum tempo, mas prometeram voltaram a trabalhar juntos no futuro.

Destaque: Veja os indicados aos Premios Juventud; Anitta é destaque em seis categorias

Os fãs de música latina já passaram por isso em várias ocasiões. Em algumas delas, a promessa de reencontro foi cumprida. Em outras…

Assim como BTS, as separações mais marcantes da música latina

Camila

O grupo romântico foi, durante anos, a maior referência do mercado latino. Em 2008, a canção Todo Cambió foi o tema do ano no Grammy Latino e tudo parecia seguir às mil maravilhas.

Até que Samo, um dos integrantes, decidiu abandonar a formação e seguir como solista. Por sorte, Mario Domm e Pablo Hurtado seguem trabalhando juntos e levam o nome Camila adiante.

Sin Bandera

O dueto formado por Leonel García e Noel Schajris chocou o mercado ao anunciar sua separação em 2008 para seguirem trajetórias separadas. As carreiras solo não decolaram como imaginavam e eles estão contabilizando vários reencontros nos últimos anos.

Aventura

O grupo de bachata roubou o coração de milhares de fãs mundo afora nos anos 1990. A separação veio em 2011, com a carreira solo de Romeo Santos, com grande destaque. Ano passado, eles gravaram juntos depois de uma década.

La Quinta Estación

O grupo musical liderado por Natalia Jiménez foi ativo entre 2000 e 2010. O desmanche começou com Pablo Domínguez, em 2008, e os últimos dois anos foram de despedida. É uma das reunions mais esperadas do mundo latino, mas até agora não há sinais de que o trio esteja pensando em um reencontro.

El Canto Del Loco

Os espanhóis também tiveram uma década de muito sucesso juntos, entre 2000 e 2010. Foram muitas idas e vindas de integrantes até que Dani Martín e David Otero selaram a ruptura ao anunciarem suas carreiras solo. No ano passado, Dani chegou a homenagear o grupo e começaram os rumores de um possível reencontro, nunca confirmado.

RBD

O RBD ainda é a maior referência de sucesso, separação, reencontro, rumores, e carreiras solo do mercado latino. O último álbum como sexteto foi publicado em 2009 e, desde então, são inúmeras petições para que o grupo volte. Em 2020, sem Dulce María e Alfonso Herrera, eles gravaram a live Ser o Parecer e tudo parecia certo para uma tour neste ano. Aliás, estava tudo certo, o Brasil estava na agenda, os shows estavam marcados, mas não rolou e, por isso, há toda uma geração traumada.