6 razões para esperar por Vértigo, o novo álbum do Pablo Alborán

Chegou o dia mais esperado pelos alboranistas desde 24 de setembro… Tá, nem faz tanto tempo assim, mas é que estava todo mundo com saudade daquele Pablo Alborán raiz, né? E ele voltou em Hablemos de Amor, lançada nesta quinta-feira, 15 de outubro. E o que isso significa?

Destaque: Pablo Alborán mostra seu melhor lado em Hablemos de Amor

Vértigo sucede o álbum Prometo, lançado há 3 anos. Sua chegada ao mercado está prevista para o dia 6 de novembro.

+ Leia Mais: Laura Pausini voltará a gravar em português

Pois então! Se você está aí sem entender o porquê desse rebuliço em torno do retorno do malaguenho, a gente te explica tim tim por tim tim desses dias de ansiedade.

+ Leia Mais: Daní Martín e Camilo emocionam com Avioncito de Papel

6 razões para esperar ansiosamente pelo novo álbum do Pablo Alborán

1 – QUE HINO

Sim, já falamos sobre isso lá em cima! Com certeza, as faixas inéditas entrarão para o hinário latino. Como a gente sabe? O homem não sabe fazer música ruim não!

2 – Prêmios, prêmios e mais prêmios

Estamos falando de uma carreira que começou em 2011 e já abocanhou mais de 30 estatuetas mundo afora. Até um Goya ele tem na prateleira. É um furacão na indústria latina sim ou com certeza?

3 – Melhores letras

Se o mundo está exaltando o reggaetón (e nós também), um pouco de amor e sofrência não fazem mal a ninguém, né nom? E poucas pessoas no mundo escrevem sobre isso melhor do que Pablo Alborán! Se você já ouviu os teasers sabe que estamos falando a verdade. Sim, ele compõe, toca piano, violão, canta, dança e encanta. Pacote completo!

4 – Pablo featuring

Os singles são a carta de apresentação do disco que chega em novembro. O disco é a porta aberta para uma turnê. A turnê avisa: Pablo está de volta e aceita fazer os melhores feats do mercado latino. Jesse y Joy, Rick Martin e a nossa Tiê são algumas provas disso!

5 – Pablo Alborán

Autoexplicativo. A voz, o talento, aquele falsete único a la flamenco,o rosto, o corpo… não sejamos tímidos nesta avaliação. O jovem é, já diria a vovó, um pedaço de mau caminho na vida, de ótimo caminho na música. Vamos exaltar e dizer bem alto: seja bem-vindo de volta, Pablo Alborán!

6 – Brasil

Por último, e não menos importante, fica a dica: Vértigo vai escancarar as portas do Brasil para o espanhol. Portas que foram destrancadas com as entradas de Donde Está El Amor (feat Tiê) e Perdóname em trilhas sonoras globais. Desta vez, ninguém nos tira o gostinho de saber que vai chegar single, vai chegar disco e, se o Universo permitir, vai chegar o próprio Alborán em carne e osso por aqui!

A gente fala isso todo disco, todo single, mas seguimos no mantra. Vem, Alborán!

Comentários do Facebook

Comentários do Facebook
X