Connect with us

Listas

5 coisas piores do que o fim de Rebelde na Netflix

Published

on

grupo rbd

Se você é fã de Rebelde e ainda não olhou o calendário, a dica é: não olhe! E nem continue a ler esta matéria, pois abaixo teremos uma notícia muito, mas muito triste mesmo.

30 de setembro marca o fim da era da novelinha teen da Televisa no catálogo da Netflix. Ou seja, se você estava no meio daquela maratona para relembrar Anahi, Dulce Maria, Maite Perroni, Alfonso Herrera, Christian Chávez e Christopher Uckermann, já era.

Foi um acordo da Televisa com a Blim, plataforma de streaming restrita a países de fala hispana na América Latina, que colocou fim à permanência de Rebelde no catálogo da empresa.

A decisão irá afetar outras produções da gigante mexicana na plataforma global, como A Usurpadora, Café com Aroma de Mulher, Cuidado com o Anjo, Rubi, entre outras. As novelas latinas que permanecerão no Netflix serão aquelas produzidas por outros canais, como Floribella e Betty, a Feia.

Não está fácil, já diria o poeta, mas para tentar levantar o seu astral, o LatinPop Brasil listou coisas muito piores do que não poder ver Rebelde a qualquer dia, a qualquer hora.

5 coisas piores do que o fim de Rebelde na Netflix

1 – Vai ter eleição no domingo

E vai ter mais um capítulo daquela guerra virtual sem fim.

2 – Extrato bancário

Olhar aquele vermelho infinito na conta é de partir o coração.

3 – Bad Hair Day

Ninguém sabe lidar.

4 – 2016

O ano em que perdemos a fé no amor. Fátima sem Bonner, Chimbinha sem Joelma, Bob’s sem Ovomaltine e Poncho e Anahi grávidos, mas não um do outro.

5 – Morrer

Mas será que tem Rebelde no céu?

Porque, realmente, está difícil aceitar esse vazio.

 

X