Connect with us

Entrevistas

[Exclusivo] Lali Espósito: “Em Brava, eu quero falar da mulher que eu sou”

Published

on

Lali está no Brasil para gravar clipe com Pabllo Vittar

Entrevistas por telefone geralmente são rápidas e objetivas. Sem o olho no olho, o bate-papo não anda como pessoalmente. Não com a Lali. A conversa (sim, porque é mais uma conversa do que uma entrevista em si) de quase meia hora é natural. É como em um bate-papo entre conhecidos em um café qualquer.

Lali fala de tudo, fala porque é inteligente e porque gosta“Eu não tenho problemas para falar“, ela mesma brinca.

Falar de música, dos projetos, dos fãs. E são os fãs e o seu novo projeto, Brava, alguns dos seus assuntos favoritos. A empolgação da estrela argentina com a nova fase é evidente: ela está tão ansiosa quanto seus lalitos pela saída do disco.

Eu escrevo as minhas próprias letras. E quando você escreve, você fica atento em ser honesto com aquilo que quer cantar. (…) O meu estilo, o pop, permite que você brinque com as possibilidades e os gêneros. Por sorte a música latina está muito forte e estamos aproveitando esse momento, estou me encontrando nestes sons novos. (…) ‘Brava’ é um passo novo para mim artisticamente, em relação ao meu som.

Até aí fácil falar. Só que a Lali é a Lali. Entre os “pronto” que gosta de soltar para os fãs, ela também se engaja em temas mais complicados. É o caso da descriminalização do aborto na Argentina, que ela defende abertamente. Também é o caso do feminismo, assunto que lhe causou alguma dor de cabeça depois de declarações confusas.

“É claro que eu não gosto (da maneira que algumas músicas latinas falam da mulher). Mas brigar com isso não adianta nada. Do meu lugar musical, eu busco justamente o contrário. Quero falar da mulher que eu sou, falar de mulheres que não se dedicam à música, mas que se sentem representadas quando uma mulher fala sobre ser mulher. É claro que me preocupa que o meu sobrinho de 5 anos ouça algumas letras, mas isso faz parte de uma indústria e a indústria sempre teve de tudo. As pessoas fazem as suas escolhas.”

A conversa (não foi mesmo “só” uma entrevista) continua com assuntos mais fáceis. E uma promessa especial para os fãs brasileiros.

“O Brasil é o primeiro país na lista para encontrarmos uma data. Vamos encontrar essa data com a turnê”.

Está gravado Lali. Também está gravado o convite para assistir ao seu show no Brasil na primeira fila. Pode ter certeza que estarei lá. Aliás, estaremos. Porque os seus fãs estão ansiosos por esse dia que não demora a chegar.

Ouça a entrevista completa do LatinPop Brasil com a Lali Espósito

X