Connect with us

Habla, Pri

Volvamos confirma: Dulce Maria ainda não cresceu para os fãs

Published

on

Volvamos é o novo videoclipe de Dulce Maria em parceria com Joey Montana

A semana que se inicia vai celebrar o primeiro mês de Volvamos no ar. O novo clipe de Dulce Maria vai fazer “mêsversário” no dia 19 com a singela marca de quase 1,5 milhão de views, número muito aquém da expectativa gerada quando o dueto com Joey Montana foi anunciado.

É difícil dizer que o trabalho não emplacou. A produção é bem feita, a canção é pegadiza e mostra a evolução da mexicana desde os tempos de RBD. Assim como todo o restante do trabalho já conhecido do álbum DM3, que chega em março do ano que vem, vem carregado com uma clara maturidade da artista de 30 anos.

Sejamos honestos: nenhum dos clipes lançados por Dulce Maria neste ano teve a repercussão esperada. No Sé Llorar, seguramente o melhor trabalho da ex-Rebelde, foi publicado em 29 de abril e está engatinhando para os seis milhões de acessos, média inferior a um milhão por mês. O mesmo número tem Boomerang, último clipe da Lali, lançado há dois meses.

Dizer que é um resultado satisfatório é, no mínimo, inocência. Ou desconhecimento completo do mercado. Só para citar como exemplo, Reggaeton Lento, o terceiro single da novata CNCO, foi lançado em 7 de outubro e já rompeu a marca de 20 milhões de cliques. Também não vale dizer que são apenas números e que o talento de um artista não pode ser medido por eles. O mercado vive disso! Quem não rende vive à sombra.

Se os fãs de Dulce Maria se intitulam um exército de “guerreros” , estão incansavelmente prestigiando o trabalho de seu ídolo e Volvamos é uma boa música acompanhada de um bom vídeo promocional, assim como aconteceu com sua antecessora, onde mora o problema?

A questão, talvez, seja a maturidade. O público de Dulce Maria ainda não se acostumou à sua nova fase, longe de ser infantilizada. A conexão existe com aquela artista do passado, com um trabalho voltado para o mercado teen, com canções que poderiam se encaixar no repertório do RBD, por exemplo, mas não cabem na vida de uma mulher prestes a completar 31 anos.

Neste momento em que sai do casulo e tenta se livrar dos estereótipos musicais do passado, Dulce Maria merecia melhor acolhida. Volvamos tinha tudo para ser hit, mas até agora está deixando sabor de quero mais.

Reveja o clipe de Volvamos, último single de Dulce Maria (feat Joey Montana)

X