Connect with us

Habla, Pri

Sandy & Jr são nosso Jesse y Joy. Ou seria o contrário?

Published

on

Reprodução do Instagram / Sandy

Preciso de uma licença poética. Ontem tirei as vestes de jornalista e fiz algo que não fazia há muito tempo: fui assistir a um show à paisana, sem obrigação de textos, lives, interação. Fui apenas para curtir.

Com 38 anos de vida, vi Sandy & Jr pela segunda vez ao vivo. A primeira, há mais de duas décadas, tinha sido em um show de rádio em Guarulhos, região metropolitana de São Paulo. Teve uma vez que vi um pocket show da Sandy (já na fase solo) em um shopping.

Aquela produção do Allianz Parque para a turnê Nossa História, aquilo eu nunca tinha visto. E posso dizer com tranquilidade que poucas vezes vi algo semelhante no Brasil. Impecável ainda seria distante da realidade.

+ Leia Mais: LatinPop Brasil estreia programa no YouTube; CNCO é destaque

Mas o que o que os filhos de Xororó têm a ver com o LatinPop Brasil? Muitas coisas, a começar pela parceria com Enrique Iglesias e o repertório recheado de versões de Laura Pausini. Mas isso nós já tratamos aqui algumas vezes, é assunto batido, não é mesmo?

Então, como eles se inserem no contexto do site?

Simples! Não houve um momento do show em que não me lembrei de outra dupla de irmãos famosa, Jesse y Joy, ambos na casa dos 30 anos, pais de família, mas seguindo sua trajetória conjunta.

Em comum também o protagonismo da parte feminina do dueto, ambas com vozes angelicas e potentes. Já do lado masculino, às sombras das irmãs, estão Jesse e Júnior (dá quase para formar outra dupla com esse nome). E o que vou dizer aqui pode ser uma heresia para muitos: o brazuca vence a disputa.

Júnior foi um show à parte. Além de coincidir com o colega mexicano na produção e arranjamento, ele arrasa na percussão. E, pasmem, a voz como solista melhorou uns 1000% nesse período de ausência do mercado como dupla.

+ Leia Mais: As principais colaborações latinas da dupla

Se Jesse y Joy conseguem conciliar suas vidas maduras, com letras compatíveis a sua idade, porque os filhos de Xororó alegam vidas paralelas, idade, como desculpa para a separação musical? Como o público, uníssono, gritou no estádio na noite do último domingo (25), eles são inseparáveis.

A Nossa História (a minha, a sua, a deles) foi salpicada por um repertório infanto-juvenil deles, mas que tranquilamente pode migrar para a vida adulta, com letras e lírica adulta.

Vejam o exemplo de Jesse y Joy, Sandy & Jr. E sigam. Não é possível que uma turnê sem ingressos disponíveis ainda não os tenha convencido de que o lugar de vocês é lado a lado.

 

X