Connect with us

Eurovision

Eurovision 2016: artistas anunciados em Janeiro

Published

on

Eurovision 2016: confira logo e slogan do festival

Os italianos já estão se preparando para o Festival de Sanremo e os espanhóis tem o Objetivo Eurovisión batendo na porta (é amanhã! – 1/fevereiro)… Vamos aproveitar para conhecer alguns de seus adversários no certame eurovisivo?

O LatinPop Brasil, em parceria com o ESC12points, traz as principais novidades e músicas já selecionadas para o Eurovision nos meses de dezembro e janeiro. E preparem-se, pois fevereiro é o mês mais bombante no festival, com os famosos super sábados, finais de semana onde acontecem várias finais nacionais simultaneamente (ou um dia onde os brasileiros sofrem por não poder abrirem diversas janelas de streaming).

Sem mais delongas, vamos conferir os países que já decidiram quem será o seu representante (e em alguns casos, a música)?

Geórgia: Nika Kocharov & Young Georgian Lolitaz

Nika Kocharov & Young Georgian Lolitaz representam a Geórgia no Eurovision 2016

No dia 15 de dezembro, os georgianos pegaram todos os eurofãs de surpresa, anunciando Nika Kocharov & Young Georgian Lolitaz para representá-los na Suécia este ano. A banda de indie-rock ainda não anunciou sua música, mas ela já está em processo de seleção – as cinco melhores canções enviadas para a GPB serão divulgadas para o público no dia 3 de fevereiro, e eles poderão votar até o dia 15 , data da final nacional e da revelação da canção vencedora.

Albânia: Eneda Tarifa

Eneda Tarifa representa a Albânia no Eurovision 2016

Durante as festas de Natal, a Albânia trouxe o famoso Festivali i Kenges, na sua 54ª edição em 2015. Se no ano passado quem levou foi a vencedora do The Voice of Italy Elhaida Dani, depois de duas semifinais e uma grande final no dia 27/12, o júri escolheu dessa vez Eneda Tarifa, com Përrallë (Conto de Fadas) para representar o país em Estocolmo. Ainda não temos ideia se haverá mudança de idioma para o inglês, mas provavelmente teremos um revamp para adaptar a música para 3 minutos.

San Matino: Serhat

Serhat representa San Marino no Eurovision 2016

Nada de Itália este ano para a minúscula Sereníssima República. Em San Marino, o anúncio acabou pegando a Europa toda de surpresa: o artista que os representará em Estocolmo vem diretamente de um país sumido do Eurovision. Ele é Serhat, cantor original de Istambul, na Turquia. O artista multifacetado (ele também é produtor e apresentador de TV no seu país) foi anunciado dia 12 de janeiro pela SMRTV. Ainda não há previsão de quando a rede de TV anunciará sua canção.

Irlanda: Nicky Byrne

O ex Westlife Nicky Byrne representa a Irlanda no Eurovision 2016

No dia 13 de janeiro, a RTÉ confirmou, após muitos rumores, o artista que irá competir no Eurovision 2016: Nicky Byrne. Ex-membro da boyband Westlife, Byrne levará à competição Sunlight, tema composto por ele mesmo junto de Wayne Hector (autor de Standing Still, tema defendido pelo alemão Roman Lob, no Eurovision 2012) e Ronan Hardiman.

Bélgica: Laura Tesoro

Laura Tesoro representa a Bélgica no Eurovision 2016

Em 17 de janeiro, na primeira final nacional do ano, Laura Tesoro foi coroada a vencedora do Eurosong 2016, com What’s The Pressure. Tanto o público e um júri internacional deram sua pontuação máxima para ela, que tem 19 anos e ficou conhecida no país depois de ser a vice-campeã do The Voice van Vlaanderen em 2014.

Bielorrússia: Ivan

Ivan representa a Bielorrússia no Eurovision 2016

Em 22 de janeiro tivemos a final nacional da Bielorrússia, o Eurofest, que elegeu Alexander Ivanov, o IVAN, com Help You Fly, canção composta e produzida por Victor Drobysh e letra de Mary Applegate. O duo foi responsável pelas entradas russas de 2005 (Nobody Hurt No One da Natalia Podolskaya) e 2012 (Party for Everybody das Buranovski Babushki). A final nacional teve 100% de votação do público.

Malta: Ira Losco

Ira Losco representa Malta no Eurovision 2016

Temos mais retorno ao Eurovision de 2016: depois de 14 anos, Ira Losco está de volta. Ela venceu o Malta Eurovision Song Contest no dia 23 de janeiro com Chameleon (Invincible), música de autoria própria com Talkback. A cantora ganhou a pontuação máxima do júri e do televoto. Ira já havia competido no festival de 2002 com a canção 7th Wonder e conseguiu um dos melhores resultados de Malta na história do festival, uma segunda colocação com 164 pontos.

Boatos e mais Finais Nacionais

Mais países anunciaram as datas de suas finais nacionais. A Polônia, por exemplo, voltou atrás e decidiu optar por uma NF que será no dia 5 de março, mas não deu mais detalhes sobre quais artistas irão participar, apenas que seria uma votação 100% voltada ao público.

A Romênia irá de final nacional também: os colegas latinos irão fazer a sua Selecția Națională 2016 nos dias 04 e 06 de março. As canções que irão competir nesta NF serão anunciadas em 11 de fevereiro durante uma coletiva de imprensa.

Em Israel, o artista que irá os representar sairá do reality show HaKokhav HaBa (The Next Superstar), assim como em 2015, quando coroaram Nadav Guedj o campeão do reality.

Na Bulgária, a BNT, rede de TV local anunciou via twitter, que havia escolhido uma artista feminina para representá-los em Estocolmo, mas não há nenhuma noticia em relação a canção. Nomes como Poli Genova e Preslava foram sondados, mas até agora, nada confirmado.

O Azerbaijão será um dos últimos países a anunciar artista e música, tendo marcado uma data específica para isso: 14 de março.

Confira a agenda atualizada de finais nacionais:

Fevereiro

Objetivo Eurovisión, na Espanha (01/02 – final)
Final Nacional da Ucrânia (06/02 e 13/02 – semifinais e 21/02 – final)
UMK, na Finlândia (06/02, 13/02, 20/02 – semifinais e 27/02 – final)
Festival di Sanremo, na Itália (09/02 a 12/02 – noites de shows e 13/02 – final)
Wer singt für Österreich?, na Áustria (12/02 – final)
Söngvakeppnin, na Islândia (06/02 e 13/02 – semifinais e 20/02 – final)
ESC 2016 – Die Entscheidungsshow, na Suíça (13/02 – final)
Dansk Melodi Grand Prix, na Dinamarca (13/02 – final)
Unser Lied für Stockholm, na Alemanha (25/02 – final)
A Dal, na Hungria (23/01, 30/01 e 06/02 – quartas de final; 13/02 e 20/02 – semifinais, 27/02 – final)
O melodi pentru Europa, na Moldávia (23/02 e 25/02 – semifinais e 27/02 – final)
Eurovizijos, na Lituânia (09/01, 16/01, 23/01, 30/01, 06/02 e 13/02 – eliminatórias; 20/02 – semifinal e 27/02 – final)
EMA 2016, na Eslovênia (27/02 – final)
Melodi Grand Prix, na Noruega (27/02 – final)
Supernova, na Letônia (07/02 e 14/02 – eliminatórias; 21/02 – semifinal, 28/02 – final)

Março

Selecția Națională, na Romênia (04/03 – semifinal, 06/03 – final)
Eesti Laul, na Estônia (13/02, 20/02 – semifinais e 05/03 – final)
Melodifestivalen, na Suécia (06/02, 13/02, 20/02, 27/02 – semifinais; 05/03 – Segunda Chance; 12/03 – final)

O Eurovision 2016 será sediado na Ericsson Globe Arena entre os dias 10 e 14 de maio

Eurovision

Ouça completas as músicas candidatas a representar a Espanha no Eurovision 2019

Published

on

Representante da Espanha no Eurovision 2019 sairá do OT 2018

Foi alguns dias antes do prometido incialmente, mas já estão disponíveis as versões completas das canções candidatas a representar a Espanha no Eurovision 2018 em Tel Aviv, Israel.

Apesar de serem 10 temas candidatos, dois deles se destacam como favoritos há semanas, desde que conhecíamos apenas os teasers: Muérdeme (Maria Villar) e La Venda (Miki). As duas são completamente diferentes de Tu Canción (Amaia e Alfred), que a Espanha levou ao Eurovision 2018.

Em todo caso esse mistério não dura muito tempo. Já no próximo domingo (20) saberemos quem vai ao Eurovision 2019 com a bandeira espanhola. A final nacional acontece às 22h05 (horário local), ou 19h05 (Horário Brasileiro de Verão). A RTVE ainda não confirmou a transmissão ao vivo em seu canal internacional.

Conheça as canções candidatas a representar a Espanha no Eurovision 2019

Clique aqui para ouvir.

Hoy Soñaré – Sabela
Hoy vuelvo a reír otra vez – Noelia
La clave – Natalia
La venda – Miki
Muérdeme – María
Nadie se salva – Natalia e Miki
No puedo más – Famous
Qué quieres que haga – Julia
Se te nota – Carlos Right
Todo bien – Marilia

O Eurovision 2019 acontece entre os dias 14 e 18 de maio em Tal-Aviv, Israel. Como parte do Big 5, a Espanha tem passe direto à grande final. Acompanhe a cobertura completa do Eurovision 2019 no LatinPop Brasil.

India Martínez, Morat e El Sueño de Morfeo entre os autores

Apesar de terem aberto uma convocatória para autores iniciantes, todas as 10 canções que podem ir ao Eurovision têm nomes de renome na música espanhola e internacional.

Qué Quieres Que Haga (Julia Medina), por exemplo, foi escrita por India Martínez com o produtor David Santisteban (Cepeda, Antonio José). Já Se Te Nota (Carlos Right), é de Juan Pablo Isaza e Juan Pablo Villamil, do Morat. Muérdeme (Maria Villar) tem entre os compositores Juan Luis Suárez e David Feito, do El Sueño de Morfeo, que representou a Espanha no Eurovision 2013.

Há ainda canções escritas por Nil Moliner, Merche, Álex Ubago e La Pegatina, entre outros.

O único tema que veio da seleção aberta é o de Sabela (Hoy Soñaré). Os compositores (Jesús Cañadilla e Alejandro de Pinedo) também trabalharam em Algo Pequeñito, do Daniel Diges, que representou a Espanha no Eurovision em 2010.

Continue Reading

Eurovision

Espanha escolherá representante no Eurovision 2019 no próximo dia 20

Published

on

Conheça as 10 canções candidatas a representar a Espanha no Eurovision 2019

Pode anotar na agenda e preparar a pipoca. No próximo dia 20 de janeiro a Espanha vai escolher o seu representante no Eurovision 2019. A final nacional acontece às 22h05 (horário local), ou 19h05 (Horário Brasileiro de Verão). A RTVE ainda não confirmou a transmissão ao vivo em seu canal internacional.

Desde ontem, os nove candidatos estão em Barcelona trabalhando e ensaiando com os professores da academia do Operación Triunfo e os autores das canções. Algumas delas, como é o caso de Muérdeme (María Villar) ou La Clave (Natalia) já tiveram mudanças na letra confirmadas pelos compositores.

As duas, aliás, estão entre as grandes favoritas para representar a Espanha no Eurovision. Miki e Noelia também aparecem bem posicionados nas apostas.

O Eurovision 2019 acontece entre os dias 14 e 18 de maio em Tal-Aviv, Israel. Como parte do Big 5, a Espanha tem passe direto à grande final. Acompanhe a cobertura completa do Eurovision 2019 no LatinPop Brasil.

India Martínez, Morat e El Sueño de Morfeo entre os autores

Apesar de terem aberto uma convocatória para autores iniciantes, todas as 10 canções que podem ir ao Eurovision têm nomes de renome na música espanhola e internacional.

Qué Quieres Que Haga (Julia Medina), por exemplo, foi escrita por India Martínez com o produtor David Santisteban (Cepeda, Antonio José). Já Se Te Nota (Carlos Right), é de Juan Pablo Isaza e Juan Pablo Villamil, do Morat. Muérdeme (Maria Villar) tem entre os compositores Juan Luis Suárez e David Feito, do El Sueño de Morfeo, que representou a Espanha no Eurovision 2013.

Há ainda canções escritas por Nil Moliner, Merche, Álex Ubago e La Pegatina, entre outros.

O único tema que veio da seleção aberta é o de Sabela (Hoy Soñaré). Os compositores (Jesús Cañadilla e Alejandro de Pinedo) também trabalharam em Algo Pequeñito, do Daniel Diges, que representou a Espanha no Eurovision em 2010.

Conheça as canções candidatas a representar a Espanha no Eurovision 2019

Clique no título para escutar um teaser de um minuto

Hoy Soñaré Sabela (Compositores: Jesús Cañadilla e Alejandro de Pinedo)
Hoy vuelvo a reír otra vez – Noelia (Compositores: Jacobo Calderón e Álex Ubago)
La clave – Natalia (Compositores: Merche, Ander Pérez, Nuria Azzouzi e Rosa Martínez)
La venda – Miki (Compositor: Adriá Salas, do La Pegatina)
Muérdeme María (Juan Luis Suárez e David Feito, do El Sueño de Morfeo, com Victoria Riba, Nuria Azzouzi e Rosa Martínez)
Nadie se salva – Natalia e Miki (Compositores: María Peláe, Nil Moliner e Javi Garabatto)
No puedo más – Famous (Compositores: Leroy Sánchez, Louis Biancaniello e Nolan Sipe)
Qué quieres que haga Julia (Compositores: David Santisteban e India Martínez)
Se te nota – Carlos Right (Compositores: Juan Pablo Isaza e Juan Pablo Villamil, do Morat)
Todo bien Marilia (Compositores: Sananda, Chris Wahle, Andreas Öhrn e Juan Carlos Fuguet López)

Continue Reading
Advertisement

Playlists

Advertisement
X