Connect with us

Eurovision

Austrália retorna ao Eurovision em 2016

Published

on

Guy Sebastian representou a Austrália no Eurovision 2015

Surpresa no Eurovision! Anunciada no início de 2015 como uma convidada especial apenas para a edição deste ano no festival, a Austrália voltará a competir em 2016. A informação foi confirmada pela EBU (European Broadcast Union) na manhã dessa terça-feira (17).

Jon Ola Sand, supervisor executivo do certame, explicou o porquê do retorno do país:

“A resposta que recebemos dos espectadores, fãs, imprensa e diferentes emissoras depois da participação da Austrália em Viena foi surpreendente e absolutamente positiva. Acreditamos firmemente que o Eurovision tem potencial para crescer organicamente e se tornar um evento global. Essa participação da Austrália eu um passo emocionante que damos nessa decisão”

Ola Sand ainda fez questão de afirmar que mais uma vez a decisão vale apenas para a próxima edição, ou seja, a Austrália estará em 2016, mas poderá não estar em 2017.

Os rumores de que os australianos poderiam estar de volta começaram quando a participação do país foi anunciada no próximo Junior Eurovision, que acontece neste sábado. Eles serão representados pela jovem Bella Paige com a balada My Girls, uma das favoritas a levar o prêmio para casa.

Em 2015 a Austrália foi representada no Eurovision por Guy Sebastian, uma das estrelas da música local, com Tonight Again. A canção, um R&B, levou o país à 5ª colocação no concurso, atrás apenas de Suécia, Rússia, Itália e Bélgica. Para 2016, a SBS, emissora responsável a levar os australianos para o festival, ainda não escolheu o método de seleção de seu representante.

Itália e Espanha no Eurovision 2016

Os caminhos de Itália e Espanha para o Eurovision 2016 estão bastante diferentes.

A Rai, desde o início, definiu que repetirá o método de seleção utilizado em 2015, quando foi representada pelo Il Volo: o vencedor do Festival de Sanremo será convidado a ir ao Eurovision. O regulamento da competição no Teatro Ariston, porém, não define o que acontece caso o artista decline o convite, deixando o caminho aberto para quaisquer decisões da emissora.

Já a TVE permanece em silêncio absoluto sobre o festival. Os espanhóis ainda não se pronunciaram sobre o método de escolha do representante do país.

O Eurovision 2016 acontece entre os dias 10 e 14 de maio, em Estocolmo (Suécia).

X