Connect with us

Notícias

Luis Fonsi revela gravação de novo single com produtores de Despacito

Published

on

Luis Fonsi grava com produtores de Despacito

Luis Fonsi já alardeou pelos quatro cantos que seu nono álbum de estúdio está pronto e só falta decidir estrategicamente a sua chegada ao mercado. Mas, ao que tudo indica, ainda cabe mais hit na nova produção, que não tem nenhuma previsão de lançamento.

Menos de um mês depois de publicar Calypso, o borícua revelou que fez uma viagem de 14 horas da Ásia para Pasadena, na Califórnia (EUA), para gravar um novo single ao lado de Andrés Torres e Mauricio Rengifo, os produtores de Despacito.

Depois, retomou a Love & Dance Tour na Espanha. Foi uma parada de “urgência criativa” ou essa música já estava no roteiro do artista de 40 anos?

Desde a explosão global de Despacito, Fonsi viu seus planos de lançar um novo projeto discográfico ainda em 2017 serem adiados. O sucesso foi precedido por Échame La Culpa, o dueto com Demi Lovato, e agora a parceria com Stefflon Don.

Ou seja, três faixas já foram reveladas para o público. Em entrevista ao LatinPop Brasil no mês de março, ele reiterou que a produção será lançada ainda em 2018 e terá, inclusive, funk.

“Chegará ainda em 2018, com certeza, já está pronto. (…) Vou manter essa mistura de ritmos e vai ter até algo que vocês aqui no Brasil chamam de funk [faz o som da batida com a voz]”, disse ele, antes de contar que haverá mais colaborações além de Daddy Yankee e Demi Lovato.

“Simpatizo com vocês, mas não posso contar (…) Não me deixam dar nenhum detalhe”, contou, aos risos.

Aos fãs da velha-guarda, a boa notícia: as baladas que o consagraram estarão presentes no novo trabalho. “Nunca, nunca, nunca vou abandoná-las”.

Sobre a mudança de sonoridade, Fonsi foi cirúrgico na explicação:

“Quando eu comecei, as rádios me pediam baladas. Eu fazia baladas. Hoje, esse é o som. É o que me pedem e eu vejo como uma evolução natural. Não sei se daqui a cinco anos estarei fazendo a mesma coisa. Tomara, porque estou adorando. Mas, quem sabe, vem um som mais acústico, por exemplo”, falou Luis Fonsi à época.

X