Connect with us

Eurovision

É hoje! Tudo o que você precisa saber sobre a grande final do Eurovision 2018

Published

on

Tudo o que você precisa saber sobre a final do Eurovision 2018

Pode preparar a pipoca e colocar a cerveja (ou refrigerante, dependendo da sua idade) para gelar. Hoje é dia de reunir a galera na sala a assistir à grande final do Eurovision 2018.

Depois da vitória de Salvador Sobral em 2017, Portugal recebe pela primeira vez o maior evento musical do mundo. Mais especificamente é a Altice Arena de Lisboa a casa do Eurovision mais disputado dos últimos anos. E com um pouquinho de Brasil: Caetano Veloso será uma das atrações convidadas e vai cantar ao lado de Sobral.

Quem leva?

Se no começo do mês a vitória da israelense Netta parecia certa, depois do início dos ensaios ela ganhou concorrentes de peso. Entre eles a cipriota Eleni Foureira. A sua Fuego, com perdão do trocadilho, incendiou os eurofãs e já é a primeira nas casas de aposta.

Os franceses Madame Monsieur, com a emotiva e reivindicativa Mercy, também estão entre os favoritos ao microfone de cristal.

Uma vitória do espetacular Benjamin Ingrosso, da Suécia, também não seria surpresa, assim como da representante da Estônia, Elina Nechayeva. As casas de apostas ainda apontam as grandes chances de um segundo troféu para o norueguês Alexander Rybak, que já venceu o Eurovision 2009.

Espanha e Itália

Os jovens Amaia e Alfred são os representantes da Espanha. Eles se conheceram no OT 2017 e se apaixonaram durante a semana em que cantaram juntos pela primeira vez. A performance de City Of Stars encantou todo o país, incluindo o autor Raúl Gomez, que acabou escrevendo a balada Tu Canción especialmente para eles. Depois do fim do Eurovision, eles vão focar em suas carreiras solo. Tanto Amaia quanto Alfred preparam seus primeiros discos sob a tutela da Universal Music.

Pela Itália também uma dupla, mas mais veterana. Ermal Meta e Fabrizio Moro se uniram para escrever Non Mi Avete Fatto Niente e leva-la ao Festival de Sanremo. Deu tão certo que eles acabaram vencendo. Mas o caminho até Lisboa não foi fácil. Eles foram acusados de plágio e ainda de que a canção não era inédita, como obriga o regulamento da competição italiana. No final, a confusão foi esclarecida, eles continuaram competindo e ainda levaram o troféu pra casa. Os dois também retomarão as carreiras solo depois do Eurovision.

A grande final do Eurovision 2018 – Espanha 2ª e Itália fecha o show

Pouco depois da segunda semifinal na quinta-feira (10), a EBU já anunciou a ordem das performances para a grande final. E quem não teve nada que comemorar foi a Espanha. Alfred e Amaia serão os segundos a subir ao palco e posição é considerada amaldiçoada pelos eurofãs.  Nos 63 anos de Eurovision, nunca o segundo a cantar venceu a competição.

Já a Itália vai fechar o show. O mesmo aconteceu com o Il Volo em 2015. Naquele ano, o trio foi terceiro colocado. Veja a running order completa:

01. Ucrânia
02. Espanha
03. Eslovênia
04. Lituânia
05. Áustria
06. Estônia
07. Noruega
08. Portugal
09. Reino Unido
10. Sérvia
11. Alemania
12. Albânia
13. França
14. República Tcheca
15. Dinamarca
16. Austrália
17. Finlândia
18. Bulgária
19. Moldávia
20. Suécia
21. Hungria
22. Israel
23. Holanda
24. Irlanda
25. Chipre
26. Itália

A final do Eurovision 2018 acontece hoje, 12 de maio, em Lisboa. O show poderá ser acompanhado pelo canal no Youtube do Festival e pelo canal internacional da Televisão Espanhola, TVE, presente em algumas operadoras de TV a cabo.

X