Connect with us

Eurovision

Eurovision 2016: artistas anunciados em fevereiro (parte I)

Published

on

Eurovision 2016: confira logo e slogan do festival

Como já sabemos, Barei e Francesca Michielin são as representantes de Espanha e Itália no certame eurovisivo deste ano. Porém… quais são os artistas que irão competir contra as duas no Eurovision 2016?

O LatinPop Brasil, em parceria com o ESC12points, traz as principais novidades e músicas já selecionadas no mês de fevereiro, num post em duas partes (devido a enorme quantidade de artistas selecionados através de finais nacionais).

Vamos começar  hoje com uma lista de artistas já anunciados – só que agora eles já estão com as canções definidas (mesmo que não tenham sido lançadas ainda).

maxresdefault

Albânia: Os albaneses irão cantar em inglês: Fairytale Love é a versão final da canção da Eneda Tarifa, que será divulgada em 15 de março.

Armênia: Iveta Mukuchyan lançou um teaser no YouTube e anunciou o título da música, que se chamará LoveWave. A música será divulgada nesta quarta-feira, 2 de março.

Bósnia: Deen & Dalal feat. Ana Rucner e Jala apresentaram Ljubav Je no último dia 20 de fevereiro, num show transmitido pela BHRTV direto da Prefeitura de Sarajevo.

Chipre: O Minus One apresentou Alter Ego em 22 de fevereiro. A música é de autoria de Thomas G:son, famoso autor sueco responsável por várias entradas eurovisivas, como Euphoria de Loreen, e as entradas da Espanha Amanecer de Edurne e Quédate Conmigo, da Pastora Soler.

Geórgia: A final nacional da Geórgia teve fim no dia 15 de fevereiro. A canção vencedora de Nika Kocharov & Young Georgian Lolitaz foi Midnight Gold. A canção foi eleita através do voto do público e de um júri internacional. O grupo já gravou a versão final, ainda a ser revelada, num estúdio em Berlim, na Alemanha.

Macedônia: Kaliopi interpretará Dona no Eurovision 2016, uma canção de autoria dela com Romeo Grill, a mesma parceria do Eurovision 2012 (com Crno i Belo). Dona será divulgada em 7 de março, num programa especial transmitido pela rede de TV local e pelo site do Eurovision.

Montenegro: Agora um quarteto, a banda Highway apresentará Real Thing em 4 de março, num show especial da RTCG, a rede de TV local.

Depois desse pequeno apanhado, vamos ver as novidades de 2016? Se bem que tem alguns nomes que não são bem novidade…

Grécia – Argo

Argo

A ERT anunciou o artista que irá os representar em Estocolmo em 09 de fevereiro. Desta vez, eles optaram por escolha interna, e decidiram pela banda Argo. O grupo é formado por seis membros: Christina Lachana, Maria Venetikidou, Vladimiros Sofianidis, Kostas Topouzis, Ilias Kesidis e Alekos Papadopoulos. Eles possuem um som bem folclórico. A banda antigamente chamava-se Europond, alterando o nome especialmente para o festival. A canção deles, Utopian Land, será divulgada em março.

Áustria: Zoë

zoe2

A final nacional da Áustria, Wer singt für Österreich? ocorreu em 12 de fevereiro e Zoë foi coroada a grande vencedora, com a francesa Loin D’Ici. A final nacional contou com dez competidores, e a votação foi dividida em duas partes. A primeira parte da votação consistiu em 50% júri e os outros 50% televoto. As duas canções mais foram para uma superfinal, onde o público fez sua decisão final, escolhendo Loin D’Ici para representá-los na Suécia.

Suíça: Rykka

rykka

Em 13 de fevereiro, tivemos o ESC 2016 – Die Entscheidungsshow, final nacional da Suíça, onde a suíço-canadense Rykka (melhor nome!) venceu com The Last Of Our Kind. Ela competiu contra cinco artistas e foi a mais votada pelo júri e também pelo televoto.

Dinamarca: Lighthouse X

lighthouse-x

No último dia 13 de fevereiro, o trio Lighthouse X venceu o Dansk Melodi Grand Prix de 2016 com 42% dos votos, levando Soldiers of Love para o Eurovision. A banda venceu nomes favoritos entre os eurofãs, como o de Anja Nissem, segunda colocada na final nacional. O show contou com dez artistas, e a primeira parte da votação foi dividida entre o público e o júri. A segunda parte contou com votação 100% do público, que elegeu Lighthouse X para Estocolmo.

Islândia: Greta Salóme

greta-salome

Mais um retorno eurovisivo! No último dia 20, Greta Salóme venceu a final nacional da Islândia, o Söngvakeppnin, com sua canção Raddinar (“As Vozes”), mas no festival ouviremos a versão em inglês, Hear Them Calling. Ela competiu com mais cinco músicas na grande final e a combinação do voto do júri + televoto levou a cantora a superfinal contra Alda Dis (que foi a mais votada do júri), com sua Now. Na superfinal, apenas o televoto decidia e assim Greta levou a melhor. A primeira vez da cantora no Eurovision foi em 2012, quando ela apresentou o dueto Never Forget com Jónsi, que acabou na vigésima posição da final em Baku, no Azerbaijão.

Ucrânia: Jamala

Jamala-Ukraine

No último dia 21 de fevereiro, tivemos a final nacional da Ucrânia, que contou com várias estrelas no júri (entre elas, a campeã do Eurovision 2004, Ruslana). Jamala venceu com 1944. Seis candidatos estiveram na competição, e teve até drama no anúncio da vencedora: A somatória das notas do júri e do televoto anunciaram um empate entre The Hardkiss (os vice-campeões) e Jamala, que foi anunciada como vencedora por conta do quesito de desempate, o televoto. A canção tem sido alvo de polêmica devido ao teor político dela (ela fala sobre a deportação dos tártaros da Criméia em 1944).

OUTRAS NOVIDADES

Israel irá selecionar a sua nova super estrela e o representante do país no ESC na próxima quinta-feira, data da final do reality The Next Star (o Superstar de lá). A Austrália também vai anunciar artista e música no dia 03 de março. No dia 04 será a vez da Holanda divulgar a música que Douwe Bob apresentará em Estocolmo.

No dia 05 de março, os russos divulgarão a música de Sergey Lazarev para o Eurovision. A pequena república de San Marino irá anunciar a canção de Serhat no dia 9 de março. Já no dia 12 do mês que vem, a França finalmente irá anunciar artista e música, sendo o último dos Big 5 a mostrar sua canção.

República Tcheca e Sérvia são os únicos países que, até agora, não falaram nada a respeito de suas escolhas para o Eurovision 2016.

Confira a agenda atualizada de finais nacionais:

Março

Selecția Națională, na Romênia (04/03 – semifinal, 06/03 – final)
Final Nacional da Polônia (05/03 – final)
Eesti Laul, na Estônia (05/03 – final)
Melodifestivalen, na Suécia (05/03 – Segunda Chance; 12/03 – final)

O Eurovision Song Contest será sediado na Ericsson Globe Arena, nos dias 10, 12 e 14 de maio de 2016.

Eurovision

Ouça completas as músicas candidatas a representar a Espanha no Eurovision 2019

Published

on

Representante da Espanha no Eurovision 2019 sairá do OT 2018

Foi alguns dias antes do prometido incialmente, mas já estão disponíveis as versões completas das canções candidatas a representar a Espanha no Eurovision 2018 em Tel Aviv, Israel.

Apesar de serem 10 temas candidatos, dois deles se destacam como favoritos há semanas, desde que conhecíamos apenas os teasers: Muérdeme (Maria Villar) e La Venda (Miki). As duas são completamente diferentes de Tu Canción (Amaia e Alfred), que a Espanha levou ao Eurovision 2018.

Em todo caso esse mistério não dura muito tempo. Já no próximo domingo (20) saberemos quem vai ao Eurovision 2019 com a bandeira espanhola. A final nacional acontece às 22h05 (horário local), ou 19h05 (Horário Brasileiro de Verão). A RTVE ainda não confirmou a transmissão ao vivo em seu canal internacional.

Conheça as canções candidatas a representar a Espanha no Eurovision 2019

Clique aqui para ouvir.

Hoy Soñaré – Sabela
Hoy vuelvo a reír otra vez – Noelia
La clave – Natalia
La venda – Miki
Muérdeme – María
Nadie se salva – Natalia e Miki
No puedo más – Famous
Qué quieres que haga – Julia
Se te nota – Carlos Right
Todo bien – Marilia

O Eurovision 2019 acontece entre os dias 14 e 18 de maio em Tal-Aviv, Israel. Como parte do Big 5, a Espanha tem passe direto à grande final. Acompanhe a cobertura completa do Eurovision 2019 no LatinPop Brasil.

India Martínez, Morat e El Sueño de Morfeo entre os autores

Apesar de terem aberto uma convocatória para autores iniciantes, todas as 10 canções que podem ir ao Eurovision têm nomes de renome na música espanhola e internacional.

Qué Quieres Que Haga (Julia Medina), por exemplo, foi escrita por India Martínez com o produtor David Santisteban (Cepeda, Antonio José). Já Se Te Nota (Carlos Right), é de Juan Pablo Isaza e Juan Pablo Villamil, do Morat. Muérdeme (Maria Villar) tem entre os compositores Juan Luis Suárez e David Feito, do El Sueño de Morfeo, que representou a Espanha no Eurovision 2013.

Há ainda canções escritas por Nil Moliner, Merche, Álex Ubago e La Pegatina, entre outros.

O único tema que veio da seleção aberta é o de Sabela (Hoy Soñaré). Os compositores (Jesús Cañadilla e Alejandro de Pinedo) também trabalharam em Algo Pequeñito, do Daniel Diges, que representou a Espanha no Eurovision em 2010.

Continue Reading

Eurovision

Espanha escolherá representante no Eurovision 2019 no próximo dia 20

Published

on

Conheça as 10 canções candidatas a representar a Espanha no Eurovision 2019

Pode anotar na agenda e preparar a pipoca. No próximo dia 20 de janeiro a Espanha vai escolher o seu representante no Eurovision 2019. A final nacional acontece às 22h05 (horário local), ou 19h05 (Horário Brasileiro de Verão). A RTVE ainda não confirmou a transmissão ao vivo em seu canal internacional.

Desde ontem, os nove candidatos estão em Barcelona trabalhando e ensaiando com os professores da academia do Operación Triunfo e os autores das canções. Algumas delas, como é o caso de Muérdeme (María Villar) ou La Clave (Natalia) já tiveram mudanças na letra confirmadas pelos compositores.

As duas, aliás, estão entre as grandes favoritas para representar a Espanha no Eurovision. Miki e Noelia também aparecem bem posicionados nas apostas.

O Eurovision 2019 acontece entre os dias 14 e 18 de maio em Tal-Aviv, Israel. Como parte do Big 5, a Espanha tem passe direto à grande final. Acompanhe a cobertura completa do Eurovision 2019 no LatinPop Brasil.

India Martínez, Morat e El Sueño de Morfeo entre os autores

Apesar de terem aberto uma convocatória para autores iniciantes, todas as 10 canções que podem ir ao Eurovision têm nomes de renome na música espanhola e internacional.

Qué Quieres Que Haga (Julia Medina), por exemplo, foi escrita por India Martínez com o produtor David Santisteban (Cepeda, Antonio José). Já Se Te Nota (Carlos Right), é de Juan Pablo Isaza e Juan Pablo Villamil, do Morat. Muérdeme (Maria Villar) tem entre os compositores Juan Luis Suárez e David Feito, do El Sueño de Morfeo, que representou a Espanha no Eurovision 2013.

Há ainda canções escritas por Nil Moliner, Merche, Álex Ubago e La Pegatina, entre outros.

O único tema que veio da seleção aberta é o de Sabela (Hoy Soñaré). Os compositores (Jesús Cañadilla e Alejandro de Pinedo) também trabalharam em Algo Pequeñito, do Daniel Diges, que representou a Espanha no Eurovision em 2010.

Conheça as canções candidatas a representar a Espanha no Eurovision 2019

Clique no título para escutar um teaser de um minuto

Hoy Soñaré Sabela (Compositores: Jesús Cañadilla e Alejandro de Pinedo)
Hoy vuelvo a reír otra vez – Noelia (Compositores: Jacobo Calderón e Álex Ubago)
La clave – Natalia (Compositores: Merche, Ander Pérez, Nuria Azzouzi e Rosa Martínez)
La venda – Miki (Compositor: Adriá Salas, do La Pegatina)
Muérdeme María (Juan Luis Suárez e David Feito, do El Sueño de Morfeo, com Victoria Riba, Nuria Azzouzi e Rosa Martínez)
Nadie se salva – Natalia e Miki (Compositores: María Peláe, Nil Moliner e Javi Garabatto)
No puedo más – Famous (Compositores: Leroy Sánchez, Louis Biancaniello e Nolan Sipe)
Qué quieres que haga Julia (Compositores: David Santisteban e India Martínez)
Se te nota – Carlos Right (Compositores: Juan Pablo Isaza e Juan Pablo Villamil, do Morat)
Todo bien Marilia (Compositores: Sananda, Chris Wahle, Andreas Öhrn e Juan Carlos Fuguet López)

Continue Reading
Advertisement

Playlists

Advertisement
X