Conecte com a gente

Listas

5 coisas que talvez você não sabia sobre Despacito

Publicado

em

Despacito é o hit de Luis Fonsi e Daddy Yankee.

A gente que é fã de música latina pode admitir: quando o Luis Fonsi anunciou que iria lançar um single com o Daddy Yankee, ainda em dezembro de 2016, ninguém entendeu nada. Será que essa mistura vai dar certo? Aí surgiu Despacito:

Pouco mais de um ano após o lançamento, a resposta está aí. Recorde histórico na Billboard empatado com Boyz II Men e Mariah Carey. Único videoclipe na história a ter mais de 5 bilhões de visualizações. E 4 também. O primeiro a chegar a 3 bi. Façanha atrás de façanha.

Pode até parecer impossível, mas tem algumas coisas que talvez você não saiba sobre Despacito, duvida? Então olha só.

+ Leia Mais: Tudo o que você deve saber sobre os shows no Brasil

+ Leia Mais: A entrevista completa de Luis Fonsi ao LatinPop Brasil

5 coisas que talvez você não sabia sobre Despacito

A musa do videoclipe já foi Miss Universo

Sabe aquele mulherão da p* que é a musa de Despacito? Então. O nome dela é Zuleyka Rivera e ela nasceu em Cayey, na Cordilheira Central de Porto Rico. Ah, sim, e em 2006 ela foi escolhida a mulher mais bonita do Universo, deixando pra trás a japonesa Kurara Chibana.

(E no ano seguinte todo mundo sabe o que aconteceu: a nossa Natália Guimarães merecia o título, mas para compensar a edição anterior, o Miss Universo acabou indo para a representante do Japão, Riyo Mori.)

Daddy Yankee não estava nos planos originais de Despacito

Isso a gente já até contou aqui no LatinPop Brasil. Antes de pegar o telefone e convidar Daddy Yankee, Luis Fonsi já havia escolhido Nicky Jam para gravar Despacito. Por azar (ou sorte), as agendas dois dois não permitiu que a parceria acontecesse.

“A ideia era lançar o tema com Fonsi depois de El Amante, mas ele não podia esperar, tinha que estrear o seu tema logo e era perfeitamente aceitável, então ele procurou o Yankee”, confessou Nicky Jam em uma entrevista, em maio.

… mas foi dele a ideia do trecho mais viciante da música

Essa é uma bomba que caiu recentemente. Com a palavra, Daddy Yankee:

“O Luis Fonsi já vinha trabalhando uns dois anos na música, procurando a fórmula, mas eu logo percebi que faltava um pouco de energia (…). Faltava  um bom refrão, que é o ‘pasito a pasito’. E no improviso saiu”.

Isso explica a ausência do ‘pasito a pasito’ na (criticada) versão em português da música.

A versão em português não foi escrita (só) por Érika Ender

Despacito tem três autores: Luis Fonsi, Daddy Yankee e a panamenha de origem brasileira Érika Ender. Quando os primeiros rumores de uma versão em português começaram a rolar, foi ela quem botou fogo na notícia, enquanto a gravadora negava veementemente que Fonsi participaria.

Hoje a gente conhece a história completa: Érika queria adaptar a música do zero, mas acabou recebendo a versão que Israel Novaes já tinha escrito com o irmão. E ela conseguiu só “mexer um pouco, para ficar mais próximo do original”.

A gente só queria descobrir quem é o culpado por DES-PA-CITO ter virado DE-VA-GAR.

Despacito perdeu número 1 nos charts latinosmas…

Mesmo mais de um ano após o seu lançamento, ainda que digam que o mundo está cansado de ouví-la, a música ainda figura entre as mais baixadas no mundo todo. É mole?

Bônus: Luis Fonsi é muito mais do que Despacito

Essa todos os fãs de música latina sabem, não é mesmo? No Me Doy Por VencidoCorazón En La Maleta, Si No Te Hubiera Conocido (com a Christina Aguilera) e Quisiera Poder Olvidarme de Ti são músicas que todo mundo deveria conhecer.

E viva a música latina!

Listas

Dia Internacional Contra a Homofobia: 5 latinos fora do armário

Publicado

em

Ricky Martin faz aniversário em 24 de dezembro

17 de maio é o Dia Internacional Contra a Homofobia. Poderia ser o dia da celebração do amor, simplesmente, sem distinção de gênero. Para comemorar a data, o LatinPop Brasil vai lembrar cinco cantores latinos que assumiram sua homossexualidade e empunham a bandeira contra o preconceito.

5 artistas latinos que saíram do armário

Ricky Martin

É, certamente, o caso mais icônico. Em 2010, Ricky Martin assumiu em sua biografia o que todo mundo já especulava: apesar de já ter se relacionado com mulheres, ele viveu uma luta interna durante anos até definir sua preferência sexual. Atualmente, é um dos principais militantes da causa no mundo artístico.

Vanesa Martin

Seria uma questão de sobrenome? Brincadeiras a parte, a cantora espanhola assumiu sua homossexualidade no ano passado, em uma entrevista sincera a Risto Mejide. Os rumores de um romance com Malú, essa não assumida, nunca foram confirmados.

Christian Chávez

Christian Chávez assumiu sua homossexualidade em 2007, logo depois de se despedir do fenômeno RBD. À época, vazaram fotos dele ao lado do então marido, o canadense BJ Murphy, e desde então ele é um dos representantes da causa na América Latina: “A vida me deu um microfone não só para cantar, mas também para falar desse assunto”, disse anos depois em entrevista ao Extra.

Kany Garcia

Foi no início deste ano, precisamente no Dia de San Valentin, que Kany Garcia decidiu mostrar publicamente a quem dedicava suas canções de amor: Jocelyn Troche, e recebeu uma chuva de apoio de amigos, entre eles seu conterrâneo Ricky Martin, e fãs. “A verdade é que a resposta das pessoas foi linda. Sou abençoada”, disse recentemente à People.

Tiziano Ferro

A Itália também tem seu representante na lutra contra a homofobia. No mesmo ano da revelação de Ricky Martin, o intérprete de Incanto contou tudo no livro Trent’Anni e una Chiacchierata con Papà. Nas páginas autobiográficas, ele falou sobre bulimia, isolamento paranóico e a dificuldade de se aceitar homossexual com uma sinceridade alarmante.

 

Continuar Lendo

Listas

Tanti auguri a te, Laura Pausini! Buon compleanno!

Publicado

em

Laura Pausini volta ao Brasil ainda este mês

Hoje é dia de festa para Laura Pausini! A cantora mais internacional da Itália completa 44 anos mais linda e famosa do que nunca e vivendo um ano glorioso com o lançamento de Fatti Sentire, com direito a tour mundial e singles bombando mundo afora.

Desde que surgiu no Festival de Sanremo, em 1993, Laura Pausini mostrou que era grande demais para ficar restrita ao mercado italiano. Ganhou o mundo! É famosa no Japão, na Rússia, nos Estados Unidos, na Europa inteira, América Latina de ponta a ponta. Difícil encontrar uma praça em que seu nome passe despercebido. Talvez porque não exista.  São mais de 70 milhões de discos vendidos ao redor do mundo para comprovar o seu sucesso global.

Laura é assim: simpática, carismática, talentosa e poliglota. Em suas andanças mundo afora,a cantora aprendeu a falar fluentemente vários idiomas, inclusive português, e não deixa barato: sempre que pode, lança uma música numa língua diferente. Quer percorrer o mapa mundi na voz de Laura Pausini? Aqui vai uma lista de músicas repleta de sucessos que vão além do italiano!

Buon compleanno, Laura Pausini!

Feliz cumpleaños! Happy birthday! Joyeux anniversaire! Feliz aniversário! Tanti auguri a te!

Italiano – La Solitudine (apresentação em Sanremo)

Inglês – It’s Not Goodbye 

Português – Inesquecível

Francês – Je Chante

Continuar Lendo
Anunciantes

Playlists

Anunciantes
X