Connect with us

2018

[Prêmios LatinPop 2018] Música Chiclete do Ano – X (J Nicky Jam e J Balvin)

Published

on

Foto de divulgação

Prêmios LatinPop 2018 – Música Chiclete do Ano

X (Equis) – Nicky Jam feat J Balvin

Por quê?

Quando os amigos Nicky Jam e J Balvin anunciaram uma parceria musical no início do ano, todo mundo já sentiu o cheirinho de hit. E não deu outra: nos quatro cantos do planeta X (Equis) bombou!

A melodia é contagiante e é o ponto forte da música, que chegou em março com um vídeo super colorido, no ritmo alegre do tema.

Ao todo, já são 1,4 bilhão de visualizações na produção. No Spotify, 515 milhões de reproduções.

Se você não dançou e cantarolou X (Equis) em 2018, caro leitor, você não viveu esse 2018 direito!

Que tal fazer isso agora?

Assista à vencedora dos Prêmios LatinPop 2018 de Música Chiclete do Ano

X (Equis) – Nicky Jam feat J Balvin

Em 2017:  Dobradinha para J Balvin. No ano passado, ele levou o prêmio com Mi Gente, sucesso global que acabou ofuscada pelo fenômeno DespacitoRelembre.

Os Prêmios LatinPop 2018

A equipe do LatinPop Brasil votou em muitas categorias para premiar o melhor dos melhores da música latina em 2018. Além dos votos do nosso colegiado, os latinpopeiros têm seu espaço no Prêmio da Audiência. Diariamente, durante todo o mês de dezembro, você irá descobrindo os vencedores. Não tire os olhos do site e não se esqueça de comentar em todas as categorias! Sua opinião é muito importante para nós!

Relembre também todos os vencedores de 2015, 2016 2017.

2018

[Prêmios LatinPop 2018] Prêmio Especial LatinPop Brasil: Alejandro Sanz

Published

on

O retorno triunfal do Alejandro Sanz em 2018 precisa ser reconhecido

Prêmios LatinPop 2018 – Prêmio Especial LatinPop Brasil

Alejandro Sanz

Dizem por aí que tudo o que é bom se faz esperar. E que a espera só não vale a pena se o resultado for ruim. No caso do Alejandro Sanz a espera pelo retorno às inéditas valeu muito a pena.

Depois de comemorar os 20 anos do histórico disco Más com o projeto +es+, Alejandro Sanz “desapareceu” para começar seu novo disco. Nesse meio tempo, ele gravou um videoclipe com Malú, uma colaboração com Paty Cantú e ainda lançou seu documentário na Netflix. Mas na maior parte do ano, silêncio.

Até o final de novembro, quando chegou o brilhante No Tengo Nada, melhor música de 2018 na Espanha e o primeiro single que marca a nova fase. E, de novo, a espera valeu a pena. “Era minha ideia que as pessoas não precisassem pensar muito, apenas entendessem a mensagem. Ao mesmo tempo, a lírica lembra muito o que fiz no início da carreira, é minha essência“, explicou durante a visita ao Brasil, para cantar com Ivete Sangalo.

Alejandro Sanz admitiu que comemorar os 20 anos de Más o deixou nostálgico e ajudou na inspiração para o novo disco. Novo disco que, por certo, se chamará simplesmente El Disco. Para alguém como Alejandro Sanz chamar um projeto de “O” disco, é porque vem por aí algo ainda mais espetacular do que já estamos acostumados.

O Prêmio Especial LatinPop Brasil vai ao Alejandro Sanz pela carreira irrepreensível. Pela brilhante No Tengo Nada. E pela certeza de que 2019 será ainda melhor. Para ele e para nós.

Por quê?

Ouça o vencedor do Prêmio Especial dos Prêmios LatinPop 2018 – Alejandro Sanz

Em 2017:  Se o que bombou no mundo foi o reggaetón, por que não premiar O cara no gênero. Porque Despacito só foi Despacito porque Daddy Yankee criou o sub-refrão pegajoso. Relembre.

Os Prêmios LatinPop 2018

A equipe do LatinPop Brasil votou em muitas categorias para premiar o melhor dos melhores da música latina em 2018. Além dos votos do nosso colegiado, os latinpopeiros têm seu espaço no Prêmio da Audiência. Diariamente, durante todo o mês de dezembro, você irá descobrindo os vencedores. Não tire os olhos do site e não se esqueça de comentar em todas as categorias! Sua opinião é muito importante para nós!

Relembre também todos os vencedores de 2015, 2016 2017.

Continue Reading

2018

TOP 50 – As melhores músicas latinas de 2018

Published

on

TOP 50 LatinPop Brasil

Depois do fenômeno Despacito em 2017, a música latina viveu um ano de afirmação. Nada de febre passageira, ela veio para ficar!

E o mais importante: veio para ficar e diversificar! Embora as listas ainda sejam dominadas pelo reggaetón, muitos dos gigantes do pop romântico voltaram ao mercado com força total.

Eros Ramazzotti, Laura Pausini, Thalia e Alejandro Sanz, por exemplo, fizeram trabalhos muito superiores aos anteriores. É do espanhol, inclusive, o primeiro lugar no ranking do LatinPop Brasil: o primeiro single do seu próximo projeto discográfico, No Tengo Nada, é uma obra-prima!

Vimos o Morat em sua melhor fase. O disco Balas Perdidas merece uma audição faixa a faixa, um primor do início ao fim. E Cuando Nadie Ve é só uma pequena amostra do que esses colombianos são capazes com sua mistura de ritmos e letras impecáveis.

O que falar da volta do Marco Mengoni com Atlantico? Três singles, três hinos. Pódio para a moderníssima Voglio.

A lista tem de tudo um pouco: do girlpoower da Karol G e da Becky G à doçura e elegância de Jesse y Joy ou Piso 21. Do rock italiano do Maneskin à acidez do Thegiornalisti.

Tem Anitta, sim! Porque não dá para ignorar que ela viveu uma temporada esplêndida! Tem o reggaetón romântico do Reik, a mistura de Brasil e Argentina com Lali e Pabllo Vittar, e a impecável Rosalía, uma das revelações do ano.

Tem música boa que não acaba mais!

Tem até um bônus-track: Fuego, da grega Eleni Foureira, que representou o Chipre no Eurovision Song Contest, ficou com o vice-campeonato e ganhou discotecas de todo o mundo!

Em 2018, a música latina mostrou ao mundo sua diversidade! Novas caras, novas vozes. E que, apesar do domínio do gênero urbano, é muito mais do que isso.

Que venha 2019!

TOP 50 – As melhores músicas latinas de 2018

Você também pode conferir o ranking no iTunes clicando AQUI ou ver todos os vídeos no YouTube clicando AQUI

Continue Reading
Advertisement

Playlists

Advertisement
X