Connect with us

2018

[Prêmios LatinPop 2018] Prêmio Especial LatinPop Brasil: Alejandro Sanz

Published

on

O retorno triunfal do Alejandro Sanz em 2018 precisa ser reconhecido

Prêmios LatinPop 2018 – Prêmio Especial LatinPop Brasil

Alejandro Sanz

Dizem por aí que tudo o que é bom se faz esperar. E que a espera só não vale a pena se o resultado for ruim. No caso do Alejandro Sanz a espera pelo retorno às inéditas valeu muito a pena.

Depois de comemorar os 20 anos do histórico disco Más com o projeto +es+, Alejandro Sanz “desapareceu” para começar seu novo disco. Nesse meio tempo, ele gravou um videoclipe com Malú, uma colaboração com Paty Cantú e ainda lançou seu documentário na Netflix. Mas na maior parte do ano, silêncio.

Até o final de novembro, quando chegou o brilhante No Tengo Nada, melhor música de 2018 na Espanha e o primeiro single que marca a nova fase. E, de novo, a espera valeu a pena. “Era minha ideia que as pessoas não precisassem pensar muito, apenas entendessem a mensagem. Ao mesmo tempo, a lírica lembra muito o que fiz no início da carreira, é minha essência“, explicou durante a visita ao Brasil, para cantar com Ivete Sangalo.

Alejandro Sanz admitiu que comemorar os 20 anos de Más o deixou nostálgico e ajudou na inspiração para o novo disco. Novo disco que, por certo, se chamará simplesmente El Disco. Para alguém como Alejandro Sanz chamar um projeto de “O” disco, é porque vem por aí algo ainda mais espetacular do que já estamos acostumados.

O Prêmio Especial LatinPop Brasil vai ao Alejandro Sanz pela carreira irrepreensível. Pela brilhante No Tengo Nada. E pela certeza de que 2019 será ainda melhor. Para ele e para nós.

Por quê?

Ouça o vencedor do Prêmio Especial dos Prêmios LatinPop 2018 – Alejandro Sanz

Em 2017:  Se o que bombou no mundo foi o reggaetón, por que não premiar O cara no gênero. Porque Despacito só foi Despacito porque Daddy Yankee criou o sub-refrão pegajoso. Relembre.

Os Prêmios LatinPop 2018

A equipe do LatinPop Brasil votou em muitas categorias para premiar o melhor dos melhores da música latina em 2018. Além dos votos do nosso colegiado, os latinpopeiros têm seu espaço no Prêmio da Audiência. Diariamente, durante todo o mês de dezembro, você irá descobrindo os vencedores. Não tire os olhos do site e não se esqueça de comentar em todas as categorias! Sua opinião é muito importante para nós!

Relembre também todos os vencedores de 2015, 2016 2017.

2018

TOP 50 – As melhores músicas latinas de 2018

Published

on

TOP 50 LatinPop Brasil

Depois do fenômeno Despacito em 2017, a música latina viveu um ano de afirmação. Nada de febre passageira, ela veio para ficar!

E o mais importante: veio para ficar e diversificar! Embora as listas ainda sejam dominadas pelo reggaetón, muitos dos gigantes do pop romântico voltaram ao mercado com força total.

Eros Ramazzotti, Laura Pausini, Thalia e Alejandro Sanz, por exemplo, fizeram trabalhos muito superiores aos anteriores. É do espanhol, inclusive, o primeiro lugar no ranking do LatinPop Brasil: o primeiro single do seu próximo projeto discográfico, No Tengo Nada, é uma obra-prima!

Vimos o Morat em sua melhor fase. O disco Balas Perdidas merece uma audição faixa a faixa, um primor do início ao fim. E Cuando Nadie Ve é só uma pequena amostra do que esses colombianos são capazes com sua mistura de ritmos e letras impecáveis.

O que falar da volta do Marco Mengoni com Atlantico? Três singles, três hinos. Pódio para a moderníssima Voglio.

A lista tem de tudo um pouco: do girlpoower da Karol G e da Becky G à doçura e elegância de Jesse y Joy ou Piso 21. Do rock italiano do Maneskin à acidez do Thegiornalisti.

Tem Anitta, sim! Porque não dá para ignorar que ela viveu uma temporada esplêndida! Tem o reggaetón romântico do Reik, a mistura de Brasil e Argentina com Lali e Pabllo Vittar, e a impecável Rosalía, uma das revelações do ano.

Tem música boa que não acaba mais!

Tem até um bônus-track: Fuego, da grega Eleni Foureira, que representou o Chipre no Eurovision Song Contest, ficou com o vice-campeonato e ganhou discotecas de todo o mundo!

Em 2018, a música latina mostrou ao mundo sua diversidade! Novas caras, novas vozes. E que, apesar do domínio do gênero urbano, é muito mais do que isso.

Que venha 2019!

TOP 50 – As melhores músicas latinas de 2018

Você também pode conferir o ranking no iTunes clicando AQUI ou ver todos os vídeos no YouTube clicando AQUI

Continue Reading

2018

[Prêmios LatinPop 2018] Revelação: Bad Bunny

Published

on

Bad Bunny é uma das revelações da música latina em 2018

Prêmios LatinPop 2018 – Revelação

Bad Bunny

Sim, a gente sabe que em 2017 já estava todo mundo dançando até o chão com Mayores, a colaboração com a Becky G. E que desde o ano passado o coelho malvado vem lançando hit atrás de hit. Mas não dá para negar uma coisa: 2018 foi o ano da explosão do Bad Bunny, o ano em que ele se transformou em um dos nomes mais importantes não apenas da música latina, mas do trap no mundo todo.

A começar com as colaborações. Nos últimos 12 meses, Bad Bunny gravou com Jennifer Lopez, Enrique Iglesias, Daddy Yankee, Nicky Jam, Marc Anthony, Will Smith, Ozuna e Natti Natasha, apenas para citar alguns. Mas a bomba mesmo veio quase no fim do ano com o lançamento de MIA ao lado de ninguém menos que Drake. Sim, até o Drake se rendeu ao Bad Bunny.

Mas foi ao lado de Cardi B e J Balvin que o artista porto-riquenho teve o seu maior hit. I Like It chegou ao topo do Hot 100 da Billboard, o chart mais importante dos Estados Unidos. Não, não estamos falando em liderar a lista latina, sim a lista geral. Precisa falar mais.

Só que Bad Bunny vai além. Ao contrário de outros artistas de trap que só conseguem hits com colaborações, ele mostrou em 2018 que é capaz de escrever letras densas, canta-las sozinho e ainda assim hitar. É o caso de Amorfoda, lançada no Dia de São Valentim deste ano. Não deixe o título te enganar (ele soa ruim em português, a gente sabe), a canção fala em primeira pessoa sobre alguém descrente com o amor por conta de uma decepção. Preste atenção na letra. Vale a pena.

E se 2018 terminou com Bad Bunny lançando seu primeiro disco,  X 100pre, 2019 promete ser ainda melhor para ele.

Por quê?

Ouça o vencedor dos Prêmios LatinPop 2018 – Revelação do Ano

Bad Bunny

Em 2017:  Se eu disser as palavras Me Rehúso aposto que a batida viciante da canção vai começar a tocar automaticamente na sua cabeça. Não, não adianta negar que eu sei que ela está agora mesmo por aí. Criador do hit chiclete, o cantor e produtor Danny Ocean foi a Revelação do Ano de 2017. Relembre.

Os Prêmios LatinPop 2018

A equipe do LatinPop Brasil votou em muitas categorias para premiar o melhor dos melhores da música latina em 2018. Além dos votos do nosso colegiado, os latinpopeiros têm seu espaço no Prêmio da Audiência. Diariamente, durante todo o mês de dezembro, você irá descobrindo os vencedores. Não tire os olhos do site e não se esqueça de comentar em todas as categorias! Sua opinião é muito importante para nós!

Relembre também todos os vencedores de 2015, 2016 2017.

Continue Reading
Advertisement

Playlists

Advertisement
X