Connect with us

Listas

10 álbuns latinos que completam 20 anos em 2019

Published

on

10 álbuns latinos que completam 20 anos em 2019 - Ricky Martin

Alguns dos clássicos latinos que você canta até hoje saíram de 1999, direto do túnel do tempo, e vão completar 20 anos neste 2019.

Foi naquela temporada que Ricky Martin lançou… Ricky Martin , que tinha “só” Livin La Vida Loca, Spanish Eyes, She’s All I Ever Had, entre outros hinos do repertório do borícua. Já Enrique Iglesias veio com Enrique (coincidência?) com o hit Bailamos na tracklist.

Achou pouco? Que tal te lembrar que foi neste ano que Santana publicou o clássico Supernatural, que trazia a clássica Smooth?

Vamos abrir o baú e sentir a idade chegando?

Os discos latinos que completam 20 anos em 1999?

Enrique (Enrique Iglesias)

Em 23 de novembro, Enrique Iglesias lançou seu primeiro álbum em inglês, batizado de Enrique, e até hoje você canta a todo pulmón faixas como Bailamos ou Be With You.

Estopa (Estopa)

Foi em 1999 que o mundo conheceu o talento do Estopa, liderado pelo vocalista Dani Martin. O grupo se desfez, mas ainda guarda um recorde na música espanhola: o álbum de debut mais vendido no país, com mais de 1,2 milhão de cópias!

Miss Mondo (Ligabue)

Ligabue já era veterano em 1999 e publicava seu sexto álbum de estúdio, conseguindo a liderança entre os discos mais vendidos na Itália naquela temporada. Miss Mondo fez tanto sucesso que chegou a ser remasterizado quase uma década depois, em 2008.

Supernatural (Santana)

Vai dizer que até hoje você não procura Corazón Espinado no karaokê? Ou não cai na pista com Smooth? Pois as duas músicas, que entraram para a história da música latina, chegaram há exatas duas décadas no álbum Supernatural, do Santana, considerada uma das melhores produções latinas da história, entrando para a lista dos 100 discos que você ter antes do fim do mundo, feita pela Sony.

Ganhou nove Grammy Awards e três Grammys Latinos, sem contar as 15 certificações de disco de platino nos Estados Unidos.

MTV Umplugged (Maná)

Você não viveu a música latina direito se ainda não ouviu o MTV Umplugged do Maná. En El Muelle de San Blas, Vivir Sin Aire, Rayando El Sol, Se Me Olvidó Otra Vez... basicamente, um disco de colecionador!

Ricky Martin (Ricky Martin)

Estamos falando de um álbum que trouxe Livin’ La Vida Loca, She’s All I Ever Had, Spanish Eyes, entre muitos outros hits, para o nosso hinário. Ricky Martin lançou seu quinto projeto discográfico em maio daquele ano, chegou ao primeiro lugar nos Estados Unidos, e conseguiu se firmar, definitivamente, como um astro global.

Ah, não nos esqueçamos do dueto com ninguém menos do que Madonna em Be Careful!

A Lo Cubano (Orishas)

1999 marcou também a estreia do Orishas com o impecável A Lo Cubano, levando a essência do hip hop cubano para o mundo.

Sogno (Andrea Bocelli)

Dez milhões de cópias vendidas, uma indicação ao Grammy Awards, duetos com Celine Dion, Eros Ramazzotti… Sogno é o quinto álbum de Andrea Bocelli e foi com ele que o tenor rompeu fronteiras. Um clássico da sua discografia.

Cambiarás (Malú)

Cambiarás é o segundo álbum da carreira de Malú, que explodira um ano antes com Aprendiz. Pra segurar a onda do primeiro, ela só poderia ter vindo com um discaço!

On The 6 (Jennifer Lopez)

E já faz 20 anos que a Jennifer Lopez encantou o mundo com Oh The 6, que tem na tracklist o hitaço No Me Ames (feat Marc Anthony), além de If You Had My Love e Let’s Get Loud.

A lista de indicações e premiações do trabalho de estreia da Diva do Bronx é tão grande que ficaríamos algumas páginas aqui para listar tudo. Vale o destaque para Billboard Music Awards, nas versões anglo e latina, que premiou seu dueto com o ex-marido.

X