Connect with us

Entrevistas

[Entrevista Exclusiva] Thalia: “Eu tenho urgência de ir ao Brasil”

Published

on

Thalia antecipa Valiente, seu novo álbum

Thalia é um ícone. Não é possível falar de música latina sem falar no nome da mexicana. No Brasil então, é impossível. Thalia ajudou a moldar toda uma geração de fãs de música latina no país.

Mas ao conversar com ela quase dá pra esquecer do seu tamanho. A mexicana de 46 anos atendeu a reportagem do LatinPop Brasil alguns dias antes do lançamento do novo single, No Me Acuerdo feat. Natti Natasha. E sua empolgação com a nova música era fácil de perceber.

“Essa é uma música com uma história muito divertida. Todo mundo já passou por isso que ela conta, esse blackout, não lembrar de alguma coisa. É uma música sexy, mas também de empoderamento, de uma mulher dizer: ‘se você gosta que bom, mas se não gosta, adeus.”

Empoderamento, aliás, foi uma palavra que Thalia repetiu muito durante a entrevista. Para falar sobre a sua própria música, mas também sobre a parceira Natti Natasha e as outras mulheres na música.

“As novas intérpretes estão mais empoderadas, elas dizem o que estão sentindo no momento. Se elas querem contar uma história de amor ou uma história mais atrevida ou mais sexual, elas o fazem. (…). A música é uma plataforma para a evolução da sociedade, para as mudanças que estão acontecendo. As mulheres hoje em dia estamos no controle do que queremos, como queremos. Estamos mais unidas”.

Mas a pergunta que não quer calar e que todos fãs querem saber é: afinal, quando teremos Thalia no Brasil? Se depender dela, será em breve. Mas, apesar dos rumores que invadem as redes sociais com certa frequência, ainda não tem nada certo. “Tomara que quando eu lance o disco, eu possa passar por aí“.

Eu tenho urgência de ir ao Brasil. A pessoa que tem mais vontade de ir ao Brasil sou eu“, explica animadamente. “Eu adoro o Brasil, adoro as pessoas. Amo os meus fãs daí, eles são apaixonados, amorosos e leais. Eu amo a cultura de vocês. Amo a música, amo as cidades, amo as praias, a comida, a feijoada, gosto de tudo, da caipirinha“.

A gente espera não ter que esperar muito.

Ouça a entrevista completa com a Thalia

X