Connect with us

Entrevistas

Luis Fonsi muito além de Despacito: a entrevista na íntegra

Published

on

Luis Fonsi pode fazer programa na Espanha

O cansaço era evidente. A alegria de vir pela primeira vez ao Brasil realizar um sonho também. Já passava de 21 horas da segunda-feira, 26 de março, quando Luis Fonsi recebeu a reportagem do LatinPop Brasil nos bastidores da Rede Record, em São Paulo.

Naquele dia, ele tinha vivido uma maratona de promoção: rádios pela manhã, The Noite com Danilo Gentili à tarde, e de lá seguiu para gravar o Programa da Sabrina e o talk show do Fabio Porchat, as duas últimas gravações recheadas de problemas técnicos.

Ao contrário do que foi divulgado, zero estrelismo. Profissionalismo, sim. A voz ao vivo exigia a passagem de som. Grava uma, duas, três… tudo para que sua estreia no mercado brasileira saísse como está acostumado lá fora, sem erros.

Começamos dizendo a ele que faríamos uma entrevista diferente. Nada de Despacito na pauta. Pela canção do século, lhe demos apenas felicitações e um muito obrigada por tudo. Ele sorriu. Sabia que falaria de futuro. Novo trabalho, a nova fase, o novo disco:

“Chegará ainda em 2018, com certeza, já está pronto. (…) Vou manter essa mistura de ritmos e vai ter até algo que vocês aqui no Brasil chamam de funk [faz o som da batida com a voz]”, disse ele, antes de contar que haverá mais colaborações além de Daddy Yankee e Demi Lovato.

“Simpatizo com vocês, mas não posso contar (…) Não me deixam dar nenhum detalhe”, contou, aos risos”

Aos fãs da velha-guarda, a boa notícia: as baladas que o consagraram estarão presentes no novo trabalho. “Nunca, nunca, nunca vou abandoná-las”.

Sobre a mudança de sonoridade, Fonsi foi cirúrgico na explicação:

“Quando eu comecei, as rádios me pediam baladas. Eu fazia baladas. Hoje, esse é o som. É o que me pedem e eu vejo como uma evolução natural. Não sei se daqui a cinco anos estarei fazendo a mesma coisa. Tomara, porque estou adorando. Mas, quem sabe, vem um som mais acústico, por exemplo”, falou Luis Fonsi.

Na entrevista, ele contou ainda sobre sua vontade de gravar com Ivete Sangalo, as surpresas para a turnê no Brasil e recebeu das mãos da equipe do LatinPop Brasil os cinco prêmios que ganhou no ano passado: Artista do Ano, Música do Ano, Clipe do Ano, Colaboração do Ano e Prêmio à Trajetória (Muito Além de Despacito).

Veja a entrevista de Luis Fonsi na íntegra

*** com Fernanda Cabrera e Thiago Gil

Luis Fonsi no Brasil – Love & Dance Tour

Curitiba

Data: 3 de maio

Local: Live (R. Itajubá, 143 – Novo Mundo, Curitiba)
Preço: de R$ 120 a R$ 6 mil
IngressosDisk Ingresso.

São Paulo

Data: 4 de maio
Local: Espaço das Américas
Preço: R$ 60 a R$ 200
IngressosTicket 360.

Rio de Janeiro

Data: 5 de maio
Local: Km de Vantagens Hall
Preço R$ 60 a R$ 300
IngressosTickets For Fun

X