Conecte com a gente
Null

Entrevistas

Exclusivo: Lali fala sobre Anitta, relação com Brasil e sucesso global

Publicado

em

Lali - Entrevista Exclusiva

Conversar com uma das artistas mais influentes do mundo da música, confesso, parecia um desafio. E olha que depois destes dois anos de LatinPop Brasil o currículo ficou cheio de gente importante: Laura Pausini, Maná, David Bisbal, Abraham Mateo, Alvaro Soler, J Balvin, Lucero, apenas para citar alguns dos tubarões que já passaram por aqui, nos deram mais do que know how para falar com qualquer ícone do mercado, certo?

Mais ou menos. Lali era diferente. Lali foi sonhada e suada. Foram meses de negociação para que o dia, enfim, chegasse. Se todos os nomes citados acima formam a base da indústria latina atual, ela é o futuro. E já faz algum tempo que olhamos para a sua trajetória artística como o sopro de frescor que o mercado precisa, principalmente no que se refere à música latina feita por mulheres.

Pontualmente às 16h30 da última segunda-feira (5), assim como tinha ficado combinado no final da semana anterior, a intérprete de Boomerang atendeu a nossa chamada. Se havia qualquer reticência por respeito ao que ela representa para o cenário musical – estamos falando de alguém com mais influência na internet do que Rihanna e Adele, por exemplo – foi dissipado logo no primeiro minuto de conversa.

Direta e simples, ela fez um breve resumo da carreira e não disfarçou a alegria de falar com o Brasil pela primeira vez. Sim, Lali é gigante, Lali tem amigos como Ricky Martin, mas ainda lhe falta desbravar a fronteira mais difícil para os latinos. Ciente do número de fãs que tem por aqui, ela dispensou desde o início do bate-papo uma atenção especial para falar sobre seu exército de lalitos brasileiros.

Sem cerimônias, me chamando pelo nome a todo instante, não teve assunto proibido: da inspiração no fim da relação com Mariano Martinez para compor Boomerang, seu último single, às conversas que tem com seus executivos para, quem sabe, gravar com Anitta, nada ficou sem resposta. A proximidade de sua chegada ao Brasil ficou clara. Bastante consciente e sem querer despertar falsas esperanças, ela não deu data, mas o simples fato de confirmar que vai gravar em português deixa nítido que o Brasil é um de seus próximos destinos.

Assim como é a Itália, onde nas próximas semanas vai lançar a versão em espanhol da histórica Roma-Bangkok ao lado de Baby K. Assim como é o restante do mundo que deve ver, já na semana que vem, a estreia global de Ego, a nova faixa promocional de seu segundo álbum: Soy.

Nesta conversa exclusiva, Lali fala sobre o dueto com Abraham Mateo, os ensinamentos de Ricky Martin, o furacão que se tornou nas redes sociais, o mercado argentino e assume: não há quem invista no som eletro-pop como ela entre os latinos.

Confira a íntegra da entrevista exclusiva de Lali ao LatinPop Brasil

Entrevistas

Paty Cantú: “Entrar no reggaetón é uma mensagem de empoderamento”

Publicado

em

Natural é o novo single de Paty Cantú

Se você esperava um disco de Paty Cantú com Valiente, Amor Amor Amor e Rompo Contigo, saiba que as músicas entrarão como bônus track do próximo projeto discográfico da mexicana, #333, ainda sem data de lançamento divulgada.

O primeiro single oficial do álbum é #Natural, lançado no último dia 10. A música é resultado de anos de experiências culturais e musicais que transformaram a cantora desde o seu último trabalho, o Drama Queen En Vivo, de 2014.

Veja #Natural, o novo clipe da Paty Cantú (feat Juhn)

Assim como anterior, o novo CD também é um live. E com várias participações especiais ainda mantida em sigilo pela artista de 33 anos, nascida em Houston, mas criada em Guadalajara, no México.

“Tudo evolui na vida (…) Fazer reggaetón é também uma mensagem de empoderamento e tem tudo a ver com a fase que vivo”, disse Patrícia, que intercalava cada resposta com uma sonora risada.

O projeto foi gravado em sua terra natal e é bastante representativo em termos de raízes, de encontros e de descobertas. E ela é antenada. Ao falar de Brasil, citou Anitta como um exemplo de mulher de sucesso na música.

“Ela é lindíssima e muito talentosa (…) O Brasil teve várias bandeiras, de vários gêneros, mas agora é a vez dela”, disse a intérprete da inesquecível Corazón Bipolar.

Ela ainda lembrou a mensagem que mandou em português que levou os fãs brasileiros ao delírio no ano passado. “Foi uma maneira de me comunicar (…) Eles saem do Brasil e vão à Argentina, ao México para me ver. Acho que chegou a hora de eu retribuir e ir até vocês”.

Ouça a íntegra da entrevista de Paty Cantú ao LatinPop Brasil

Continuar Lendo

Entrevistas

Exclusivo: Paty Cantú fala sobre novo disco, reggaetón e Anitta

Publicado

em

Paty Cantú lança novo single: #Natural

Se existe uma coisa que nenhum artista latino consegue disfarçar é a alegria de poder trazer sua arte ao Brasil. E foi assim que Paty Cantú atendeu ao telefone na tarde desta sexta-feira (10), dia do lançamento de seu novo single, #Natural, sua primeira incursão pelo reggaetón.

A artista de 33 anos, nascida em Houston, mas criada em Guadalajara, no México, é pura simpatia.  Contou que o flerte com o gênero urbano é uma consequência natural das experiências culturais e musicais que viveu nos últimos anos. E é com esse som que ela vai apresentar #333, um disco ao vivo com muitas participações especiais, que ela ainda mantém em segredo.

“Tudo evolui na vida (…) Fazer reggaetón é também uma mensagem de empoderamento e tem tudo a ver com a fase que vivo”, disse Patrícia, que intercalava cada resposta com uma sonora risada.

O projeto foi gravado em sua terra natal e é bastante representativo em termos de raízes, de encontros e de descobertas. E ela é antenada. Ao falar de Brasil, citou Anitta como um exemplo de mulher de sucesso na música.

“Ela é lindíssima e muito talentosa (…) O Brasil teve várias bandeiras, de vários gêneros, mas agora é a vez dela”, disse a intérprete da inesquecível Corazón Bipolar.

Ela ainda lembrou a mensagem que mandou em português que levou os fãs brasileiros ao delírio no ano passado. “Foi uma maneira de me comunicar (…) Eles saem do Brasil e vão à Argentina, ao México para me ver. Acho que chegou a hora de eu retribuir e ir até vocês”.

Estamos na torcida, Paty Cantú!

A entrevista completa com Paty Cantú você confere no LatinPop Brasil na próxima semana!

Veja #Natural, o novo clipe da Paty Cantú (feat Juhn)

Continuar Lendo
Anunciantes

Playlists

X