Connect with us

Entrevistas

Dulce Maria: “Quero levar Origen ao Brasil”

Published

on

Dulce Maria apresenta seu novo disco, Orígen

Ainda faltam alguns meses para o lançamento de Origen, o novo álbum de Dulce Maria, que só será publicado no ano que vem. O single chega logo, em setembro, em data a ser definida nos próximos dias.

A ex-RBD teve dois dias agitados de promoção para o Brasil e restante da América Latina. Ao LatinPop Brasil, contou que ainda não tem data para regressar ao país, mas pretende vir logo.

“Espero levar Origen ao Brasil porque amo vocês e agradeço todo o apoio“, disse a artista via Whatsapp.

Quer ouvir o bate-papo?

Empolgada, ela contou sobre o seu novo projeto discográfico, que resgatará algumas de suas composições da época do RBD que estão fora das plataformas digitais, ou temas que ficaram de fora de seu primeiro álbum, Extranjera. E avisou: é um disco com sua assinatura, suas decisões desde as artes à produção.

 

Parte do maior fenômeno da indústria latina nos anos 2000 pré-Despacito, a mexicana é modesta sobre os sonhos pendentes: Orígen é seu foco e seu principal objetivo na carreira no curto prazo.

Dulce Maria falou ainda sobre a possibilidade de fazer duetos no álbum, que ela considera muito pessoal e teria que procurar uma canção perfeita para dividir com alguém. Neste momento, colaborações não estão nos planos.

O futuro na música ou na dramaturgia? Ela responde!

E não faltou recadinho especial para os fãs brasileiros, que estão super ansiosos para iniciar esta nova jornada ao seu lado!

Atenção, guerreros!

Uma das canções já confirmadas é Cupido Criminal, apresentada durante um showcase da Billboard no México. Que tal rever a apresentação enquanto espera a chegada do primeiro single de Orígen?

Letra de Cupido Criminal – Dulce Maria

Algo no anda muy bien
Siempre lo hago al revés
Y termino cayendo
Por el hombre incorrecto
Creo que no tengo remedio
Cuando me dejo querer
Pierden el interés
Y si me trata muy bien

Hay un anillo en su dedo
Y al que me quiere no quiero

Ya sé a quién culpar
Cupido es un criminal, letal
Rompiendo corazones sin piedad, crueldad
Que a todos ha logrado engañar
Por mí que agarre sus flechitas
Y las clave en su enfermo corazón

Dicen que no es personal
Pero no puedo evitar
El sentir que me apunta y dispara en mi contra
Hasta parece una broma

Si encuentro al hombre ideal
Vive en otra ciudad
Y si tiene cerebro seguro es soberbio
O me ve como un juego

No me vuelvo a enamorar
Cupido es un criminal, letal
Rompiendo corazones sin piedad, crueldad
Que a todos ha logrado engañar
Por mí que agarre sus flechitas
Y las clave en su enfermo corazón

Rompiendo corazones sin piedad, crueldad
Que a todos ha logrado engañar
Por mí que agarre sus flechitas
Y las clave en su enfermo corazón, corazón

 

 

Entrevistas

Ouça a íntegra da entrevista com El Profe, do Piso 21

Published

on

Piso 21 fala sobre Iza, novo single e machismo no reggaetón

Dia de estreia de Te Vi, dia de promoção para o Piso 21. Foi um empolgado El Profe, apelido de Juan David Huertas, de 34 anos, que teve a missão de falar para o Brasil sobre o novo single na última sexta-feira, 14 de dezembro.

Ele confirmou que se trata do início de uma nova etapa para a banda. 

“Ubuntu encerrou um capítulo muito bonito na nossa história, com vários singles de sucesso como Me Llamas, Te Amo, Besándote. Agora começamos uma nova história, com um som diferente do que fizemos antes. Neste single, quisemos mostrar algo bem típico da Colômbia, a champeta (…) com um vídeo que mostra o que somos, simples, com muita dança”, disse o músico.

A conversa logo enveredou para o Brasil. Amigos de Anitta, o quarteto acha a brasileira uma grande embaixadora da nossa cultura contemporânea, mas o sonho de um dueto está nas conversas com a gravadora:

“Iza. Vimos a performance incrível dela no Grammy Latino e conversamos com a nossa gravadora, a Warner Music, sobre ela. Queremos muito gravar com ela aí. Também gostamos muito do Luan Santana”.

El Profe se disse impressionado com a quantidade de mensagens que chegam dos fãs brasileiros e ressaltou que, antes de vir promover seu trabalho, o grupo precisava de uma base sólida musical.

“Nós temos muito respeito pelo Brasil, pela cultura e pela música de vocês. É um desafio chegar aí e precisávamos de todo um trabalho antes de ter o país como meta. Já fizemos esse trabalho. Agora é hora de ir. Não sei quando, nem para qual região, mas é nossa vontade levar o novo trabalho ao seu país”.

E se Iza é o dueto brasileiro sonhado, para quem já colaborou com tantos artistas, de gêneros tão diferentes ao longo da carreira, o objetivo mundial é ousado.

“Bruno Mars. Se pudesse escolher alguém, seria ele”, disse El Profe.

Machismo no gênero urbano, as letras românticas do grupo, o tema boyband e como eles se dividem sendo três vocalistas, além de uma carinhosa mensagem ao Brasil, também estiveram na pauta.

Ouça a íntegra da conversa com El Profe, do Piso 21

Veja Te Vi, o clipe do novo single do Piso 21

Continue Reading

Entrevistas

Piso 21: “Queremos gravar com a Iza no Brasil”

Published

on

Piso 21 fala sobre Brasil e o novo single, Te Vi

Dia de estreia de Te Vi, dia de promoção para o Piso 21. Foi um empolgado El Profe, apelido de Juan David Huertas, de 34 anos, que teve a missão de falar para o Brasil sobre o novo single.

Ele confirmou que se trata do início de uma nova etapa para a banda. 

“Ubuntu encerrou um capítulo muito bonito na nossa história, com vários singles de sucesso como Me Llamas, Te Amo, Besándote. Agora começamos uma nova história, com um som diferente do que fizemos antes. Neste single, quisemos mostrar algo bem típico da Colômbia, a champeta (…) com um vídeo que mostra o que somos, simples, com muita dança”, disse o músico.

A conversa logo enveredou para o Brasil. Amigos de Anitta, o quarteto acha a brasileira uma grande embaixadora da nossa cultura contemporânea, mas o sonho de um dueto está nas conversas com a gravadora:

“Iza. Vimos a performance incrível dela no Grammy Latino e conversamos com a nossa gravadora, a Warner Music, sobre ela. Queremos muito gravar com ela aí. Também gostamos muito do Luan Santana”.

El Profe se disse impressionado com a quantidade de mensagens que chegam dos fãs brasileiros e ressaltou que, antes de vir promover seu trabalho, o grupo precisava de uma base sólida musical.

“Nós temos muito respeito pelo Brasil, pela cultura e pela música de vocês. É um desafio chegar aí e precisávamos de todo um trabalho antes de ter o país como meta. Já fizemos esse trabalho. Agora é hora de ir. Não sei quando, nem para qual região, mas é nossa vontade levar o novo trabalho ao seu país”.

E se Iza é o dueto brasileiro sonhado, para quem já colaborou com tantos artistas, de gêneros tão diferentes ao longo da carreira, o objetivo mundial é ousado.

“Bruno Mars. Se pudesse escolher alguém, seria ele”, disse El Profe.

Machismo no gênero urbano, as letras românticas do grupo, o tema boyband e como eles se dividem sendo três vocalistas, além de uma carinhosa mensagem ao Brasil, também estiveram na pauta.

A entrevista na íntegra com El Profe, representante do Piso 21, você confere na próxima semana no LatinPop Brasil.

Veja Te Vi, o clipe do novo single do Piso 21

Continue Reading
Advertisement

Playlists

Advertisement
X