Principal / Entrevistas / Exclusivo: Dulce Maria fala sobre o novo disco e músicas em português
Dulce Maria entrevista exclusiva

Exclusivo: Dulce Maria fala sobre o novo disco e músicas em português

Como você se sentiu antes dos dias mais importantes da sua vida? O seu casamento, sua formatura, a primeira entrevista de emprego, talvez. Nervoso? Ansioso a ponto de mal conseguir falar? Não Dulce Maria. A calma dela chega a ser surreal.

Faltando menos de 12 horas para a chegada do disco mais importante da sua carreira, o aguardado DM, ela fala com tranquilidade. Como se fosse a véspera de um dia qualquer.

Direto do México e em meio a um turbilhão de compromissos promocionais, Dulce Maria tirou alguns minutos para conversar com a equipe do LatinPop Brasil.

“Esse é o meu disco favorito. De todos, ele é o que tem a sonoridade mais parecida com a que eu sempre quis. Os meus produtores (Ettore Grenci, Andres Saavedra, Predikador) fizeram um grande trabalho”, ela explica. “(O DM) tem várias canções que eu mesma escrevi, como Rompecorazones, a última a ser criada, ou Cicatrices, que foi a primeira. Nesse CD eu me identifico até com as que eu não escrevi…”

Apesar da calmaria, Dulce Maria é incapaz de esconder a empolgação com sua nova fase. Ela repetia a palavra “emocionada” sem parar.

“Eu estou muito emocionada porque finalmente esta aí… Foi muito trabalho, muitas histórias a contar, todas as emoções que esse disco tem. Eu estou emocionada que vocês finalmente possam escutá-lo”.

Assumidamente mais madura, Dulce quer deixar isso bem claro na sua nova turnê, que chega ao Brasil em abril. E sem querer querendo, acabou confessando que terá convidados mais do que especiais com ela no palco.

“Esse vai ser um show muito diferente, cheio de efeitos visuais criados especialmente para essa tour. Eu estou ansiosa para mostrar isso logo. Tenho gente muito querida no Brasil. É sempre emocionante passar por aí”.

A turnê, aliás, será o cenário do videoclipe de Rompecorazones. As imagens serão gravadas no show mexicano no próximo dia 24 de março, no Metropolitan, que dá a largada às viagens. “Vocês vão me ver dentro e fora do palco, vai ser bem diferente…”

E por falar em diferente, será que vamos ver a Dulce Maria voltando a cantar em português? Se dependesse só dela, agora mesmo.

“Por agora não existem planos para cantar em português ou em inglês, mas sim… talvez a gente faça alguma versão de alguma música do DM, mas não depende de mim. Depende também das outras pessoas, das gravadoras”.

Dulce Maria só perde a leveza ao falar dos constantes problemas com a imprensa del corazón mexicana. A voz decidida de toda a conversa fica reticente, bem diferente daquela Dulce Maria que vive espinafrando as fofocas nas redes sociais.

“Não é fácil, são 26 anos nessa carreira. De alguma maneira, eles sempre vão falar… Mas me irrita… Me irrita quando inventam coisas que vão contra os meus valores… Me afeta… Afeta… As pessoas acreditam. A única coisa que eu posso fazer é desmentir… E às vezes nem isso… Não posso fazer muita coisa”.

E se o assunto é a relação com a imprensa, a intérprete de No Sé Llorar sabe de cor e salteado qual a pergunta que ela não aguenta mais ouvir. Em meio a gargalhadas ela puxa o assunto RBD.

“Sempre me perguntam sobre se teremos um reencontro. E a resposta é não”, diz, sem medo de chatear os fãs saudosos de Rebelde.

 

É uma nova era para uma renovada nova Dulce Maria. Quer os fãs gostem ou não.

Comentários

comentários

Ver também

RBD

Sálvame, música do RBD, reaparece no Spotify

Uma festa parcial para os fãs de RBD! Misteriosamente, a música Sálvame, do álbum live …

X