Principal / Eurovision / Ora Pois #5: estamos de volta com música portuguesa
A vitória de Salvador Sobral no Eurovision é um resultado histórico para a música portuguesa
Foto: Andres Putting | Eurovision.tv

Ora Pois #5: estamos de volta com música portuguesa

A música portuguesa está atravessando um momento de extrema popularidade graças à vitória do Salvador Sobral no Eurovision 2017. Acompanhando o sucesso, o LatinPop Brasil retomará o seu percurso pelas terras lusas através da Ora Pois!!

Para o retorno da seção, nada melhor do que analisar a conquista de Amar Pelos Dois no festival europeu. Acontece que a conquista do Sobral é significativa demais como para não falar dela.

Para o Eurovision, a conquista de Amar Pelos Dois faz com que o festival volte a ser imprevisível. Durante as semanas prévias ao evento, o italiano Francesco Gabbani era o favorito absoluto (de casa de aposta e fãs) a levar o troféu. Mesmo na noite da final, poucos acreditavam na vitória de algum outro país.

Amar Pelos Dois também acaba com as teorias de que fazer tal ou qual coisa garante uma vitória. Em um festival em que houve dança sobre esteiras, canto tirolês, telões mirabolantes e outras trocentas atrações, venceu um cara parado no meio do público cantando uma balada clássica, com um fundo que bem podia ser uma foto.

Salvador e Luísa Sobral (irmã do cantor e compositora da música) também acabam com o mito de que música em idioma que não seja inglês não vence. É mais fácil quando o idioma é falado por a maioria das pessoas que votarão? Claro que sim. Mas Amar Pelos Dois tem um jeito de emocionar mesmo quando você tem que pesquisar a tradução da letra para poder compreender.

Para a RTP, a emissora portuguesa, a vitória significa tirar das costas um peso enorme. Portugal era o único país “clássico” que ainda não tinha conseguido o ansiado troféu. A maior colocação de uma música lusa até 2017 era um sexto lugar, atingido em 1996. Nas 48 participações prévias à de este ano, o país tinha ficado no top ten apenas nove vezes. E desde 2010 que o país não conseguia passar das semifinais do concurso. Ou seja: Portugal era a Thalia, rainha da sofrência, do Eurovision.

Portugal também tem benefícios com a vitória dos Sobral. A RTP organizará o Eurovision em 2018. Isso significa uma oportunidade única de publicidade do país para um público enorme (o festival de este ano foi visto por 180 milhões de pessoas em todo o mundo). E, musicalmente falando, o Salvador fez com que o mundo prestasse atenção para o que o mercado musical do seu país tem a oferecer.

É por isso que a Ora Pois! tem que voltar: para conhecer mais um pouco do que o Portugal faz na música. Assim como acontece com a França e a Uh La La, os meninos do Sounds European! vão trazer as novidades do mercado musical luso.

Comentários

comentários

Ver também

Da Albânia para Todo el Mundo: conheça as divas do país!

Hola, amigos de LatinPop Brasil! Vocês sabem onde fica a Albânia? O pequeno país fica …

X