Connect with us

El Baúl De Los Recuerdos

Servando y Florentino: dupla venezuelana dos anos 1990

Published

on

Quando eu era criança, meu pai viajava bastante a trabalho por diversos países, e eu sempre pedia alguma lembrança, algum presente do local. Depois de alguns anos, em outro emprego, continuou com suas viagens internacionais, mas mais focado na América Latina. Comecei a pedir CDs com músicas dos países para conhecer. Como não tinha internet, não pesquisava nada sobre o assunto, ou seja, não conhecia ninguém que tivesse tocado no Brasil.

Meu pai trouxe algumas coisas, digamos, estranhas que é melhor não comentar. Não o culpo. Ele também não conhecia nada, deve ter trazido aleatoriamente. Mas, em compensação, trouxe coisas legais também.

É o caso de um disco do Inti-illimani, um grupo chileno formado em 1967 e faz parte da Nueva Canción Chilena, movimento músico-social na época da ditadura militar daquele país. Illimani é o nome de um monte nos andes bolivianos, em La Paz e significa “águia dourada” ou “Sol de Illimani”.

viva_chile_front

Meus irmãos me fizeram acreditar por muito tempo que só eu ouvia certas músicas. Bem, acho que estavam certos. Mas adorava ouvir essas músicas folclóricas. Inclusive fui ouvir esses dias e continuam sendo muito boas.

Um outro disco interessante que meu pai me trouxe veio direto da Venezuela, de uma dupla de irmãos que descobri que cantam juntos até hoje. Servando y Florentino. Provavelmente só eu conheça eles por aqui no Brasil.

Tem uma música que eu adorava, vivia no repeat. Fui escutar o CD esta semana para escrever aqui e, é claro, ela não sai da minha cabeça! A música é bem grudenta mesmo. E o clipe um tanto quanto brega, mas engraçadinho. A música deve ser uma das principais porque tem três versões no álbum – salsa, balada e instrumental.

Aliviame – Servando y Florentino

 

A dupla tem mais dois irmãos e todos são filhos de Alí Primera, um cantor compositor venezuelano que tem inclusive um monumento no país por sua história na La Nueva Canción, por acaso o mesmo movimento de músicas de protesto do conjunto citado acima.

Servando y Florentino começaram a cantar na orquestra infanto-juvenil Salseín, formada em 1993.  Em 1997 se desligaram do grupo e começaram a cantar como uma dupla. Lançaram diversos álbuns pela gravadora Hecho A Mano. Anos depois, já for dessa gravadora, lançaram outros discos, incluindo, em 2004, o álbum homônimo à dupla, que inclui as canções Sí Yo Fuera Tú, Te Buscaré e Una Canción Que Te Enamore.

O que eu tenho é o Entre Panas ll – Tour 97, segundo trabalho em estúdio dos irmãos, parte de uma série de três volumes chamada Entre Panas, lançada entre 1997 e 1998.

Os principais estilos musicais do dueto são salsa e pop latino. Eles já receberam indicação ao Grammy Latino como melhor álbum vocal pop em dupla ou grupo do ano.

O disco mais recente se chama It´s A Wrap/Se Acabó, lançado em 2010. Uma curiosidade é que não foi vendido em lojas, foi lançado como encarte de jornal El Nacional e em algumas estações de rádio. O álbum é duplo, um dos discos tem músicas mais pop latina. O primeiro single lançado foi Me Vas A Recordar e há ainda uma música de protesto social, Vivir Por Matar. O outro disco contém estilo predominante de salsa. Se Acabó, faixa que dá nome ao álbum, também é uma canção de protesto.

Em 2014 lançaram com Sharlene Taule, uma atriz e cantora dominicana, a música Mal de Amor.

Sharlene ft. Servando y Florentino – Mal de Amor

X