Connect with us

El Baúl De Los Recuerdos

Músicas que ouvi em Buenos Aires

Published

on

Puente de Las Mujeres - Buenos Aires

O texto desta semana não tem tanto cheiro de naftalina. Narra uma experiência própria de semanas atrás que gostaria de compartilhar com vocês.

Fiz uma viagem de alguns dias por Montevidéu e Colônia do Sacramento, no Uruguai, e Buenos Aires, na Argentina. Sim, temos nosso correspondente internacional que pode falar melhor que ninguém sobre minha descoberta de como argentinos curtem um reggaeton… mas, aqui está o ponto de vista de uma brasileira em terras portenhas.

Uma das primeiras músicas que ouvi numa rádio sentada num bar em Colônia do Sacramento foi La Rueda Mágica, do Fito Paez, do disco que já falei algumas vezes aqui, El Amor Después Del Amor, lançado em 1992. Mas não foi essa que ficou marcada por todo meu passeio.

Logo tocou outra canção bem latina, que confesso que no início não tinha reconhecido aquele sonzinho lá no fundo… até meu amigo perceber a voz de Jennifer Lopez e, em seguida, também a de Ricky Martin. Se tratava de Adrenalina, do álbum El Regreso del Sobreviviente, de 2014, de Wisin.

O que não sabíamos é que essa seria praticamente a música-tema da viagem, escutada todos os dias até nosso retorno ao Brasil. Tudo bem que tocou Tribalistas um tempo depois e em outros momentos escutamos outras músicas brasileiras que, de tão normal, por um segundo esquecemos que estávamos em outro país.

Entre as rádios da Argentina, pude escutar uma de rock nacional, outras de pop latino com Julieta Venegas, Shakira, Ricky Martin… algo pouco usual aqui no Brasil. E mais… descobri uma versão do Red Hot Chili Peppers em espanhol que eu nem fazia ideia que existia! Mas confesso que não encontrei essa música em lugar nenhum, só sei que era Snow (Hey Oh).

Na Avenida Corrientes, vi filas enormes dois dias seguidos para a apresentação do cantor Luciano Pereyra, no Teatro Gran Rex. E ainda fiquei com invejinha da agenda de shows dos próximos dias que já não estaria por lá… Vi cartaz do Estopa, Amaia Montero, da dupla Ha*Ash, que confesso conhecer aqui pelo LatinPop. Sei que vai ter concerto de Fito Páez, Enrique Iglesias, Juanes… não é todo dia que vejo uma lista de shows de artistas latinos tão recheada assim…

À noite, encontrei-me com um amigo brasileiro que vive em Buenos Aires. No começo da noite, escutamos algumas músicas pop escolhidas pelo amigo que viajou comigo. Até o anfitrião pedir licença e começar a nos introduzir aos sons que fariam parte das festas portenhas do fim de semana. Aí sim descobrimos que nos esperava na noite: muita música latina! E assim começou a noite do reggaeton… O vídeo não é o oficial, mas, sem dúvidas, tem muito mais visualizações.

Mueve El Cucuta

E não me sentia possuída contagiada por todo esse ritmo Ragatanga latino desde 2012, quando estive no Chile. Logo também já entrou na nossa playlist La Mordidita, com Ricky Martin feat. Yotuel.

Voltando ao forte da noite de Buenos Aires, um reggaeton de Nicky Jam, com Travesuras, que no me puedo contener… essa frase ficou por dias na minha cabeça!

Escutei a que eu iria dizer que seria a primeira música que Pitbull canta sozinho, mas já percebi que é apenas mais um featuring… com Osmani Garcia e Sensato, com El Taxi.

Teve Belinda também, cantando com Juan Magan, Si No Te Quisiera, com participação de Lapiz Conciente.

E, claro, El Perdón, também de Nicky Jam, que tem também uma versão com Enrique Iglesias, inclusive em inglês, que já foi bastante falada por aqui no LatinPop, tocava umas três ou quatro vezes por dia, num remix bem dançante.

Mas no final, o que no me gusta mesmo é ter que dar “tchau” e voltar pra realidade, fim das férias.

X