Connect with us

El Baúl De Los Recuerdos

Música latina para dias de chuva

Published

on

Este verão anda tão chuvoso, não? Bom, pelo menos para mim aqui em São Paulo está… já estou embolorando… E, quando penso que vou ver um pouco de sol, que já não tem mais água pra cair… de repente, o tempo já fecha de novo e… já começa a chuvarada outra vez…

Mas tudo bem… a gente estava mesmo precisando de bastante água para encher as represas… Talvez não chover tudo ao mesmo tempo, mas está valendo…

Só que agora também só quero saber de músicas “chuvosas”. Foram tantos dias debaixo de chuva, sem saber o que era sol que me peguei escutando essas músicas. O tempo pode até firmar nesta semana que se inicia, mas fica aqui umas sugestões para os dias de chuva.

 

Por Un Amor Relámpago – Miguel Bosé

Essa música é de 1978, e fala de um amor relâmpago, como o nome já diz e, na verdade, a chuva é de lágrimas.

 

Llueve Sobre La Ciudad – Los Bunkers

Já essa, dos chilenos Los Bunkers, um pouco mais nova, é de 2005, do álbum Vida De Perros. E a música também fala de uma chuva metafórica pela partida de uma pessoa amada.

 

Llueve Por Dentro – Luis Fonsi

Luis Fonsi, um romântico incorrigível, canta essa canção que também fala sobre a tristeza interna de quando está longe de seu amor.

 

No Ha Parado de Llover – Maná

Música lançada em 1995, do álbum Cuando Los Ángeles Lloran. E, como boa banda de rock romântica, também falam de amor, da tristeza da perda de um amor e da chuva no coração e nos olhos.

 

Esta Tarde Vi Llover – Armando Manzanero

Um bolero bem romântico e, ao que me parece, uma das únicas músicas sobre chuva que fala realmente sobre chuva, mesmo sendo uma história triste de também estar sem a pessoa amada. No vídeo, uma versão interpretada por Armando Manzanero e Fito Páez.

 

Recuerdos En La Lluvia – Los Ramblers

Uma música antiga, de uma banda antiga do Chile, que também canta romanticamente sobre a chuva como chuva e as recordações do amor.

 

Llueve Sobre El Mojado – Joaquín Sabina e Fito Páez

Um pouco diferente, temos também essa expressão em português, “chover no molhado”, algo como insistir em algo que já foi dito. A música mais poética e cheia de referências de outras obras.

 

Ojalá Que Llueva Café – Juan Luis Guerra

É uma música festiva, mas que fala de esperança e de um protesto subentendido.

 

Ainda tem mais algumas sugestões: Alejandro Parreño (Lluvia En El Corazón), Enrique Iglesias (Lluvia Cae), Jorge Drexler (Llueve) e Alejandro Sanz (Hoy Llueve Hoy Duele).

É… só posso concluir que é difícil encontrar uma música que fale apenas de chuva, de dias chuvosos sem que necessariamente fale de sentimentos, de algo triste ou romântico. Mas não seria nada legal e poético falar sobre enchentes e enxurradas, entendo. Vamos ficar com o romantismo que é bem mais bonito!

X