Connect with us

El Baúl De Los Recuerdos

Jennifer Lopez: uma artista completa

Published

on

Jennifer Lopez se prepara para residência em Las Vegas

Na coluna passada, a minha ideia era falar sobre como a música Adrenalina me fez relembrar tanto da latinidade da Jennifer Lopez, mas acabei me empolgando em contar sobre minha experiência musical pela América Latina e, quando vi, já tinha saído totalmente do foco. Mas tudo bem… guardei o tema então para falar hoje aqui.

E a música que mais me veio na cabeça foi Qué Hiciste, do álbum Como Ama Una Mujer, de 2007, primeiro em espanhol da cantora. Eu sempre gostei bastante dessa música. E ela ficou por um tempo na minha cabeça na época… e agora de novo.

Nesse clipe ela faz o estilo fugitiva, vingativa, pinta o cabelo, queima tudo… só para relembrar aquele papel naquele filme de anos antes, Enough (Nunca Mais), onde ela fugia do marido, cortou o cabelo, correu, aprendeu autodefesa e tudo o mais para se esconder.

Qué Hiciste 

Mas, em seu álbum de estreia, On The 6, de 1999, já podemos ver JLo cantando em espanhol com o ex-marido, Marc Anthony, No Me Ames, versão de uma música italiana lançada em 1992, chamada Non Amarmi, vencedora do Festival de Sanremo naquele ano na categoria de debutante. Essa música tem história… O KLB fez a versão em português intitulada Não Me Ames. E, apesar de não ter acompanhado muito esse ano, lembro dessa música na voz do Manu Tenorio e Gisela, no Operación Triunfo.

Ainda nesse disco, JLo canta Una Noche Más, versão em espanhol de Waiting For Tonight.

Outra música que me lembro bem também é o dueto com Chayanne, Dame, presente no disco do porto-riquenho lançado em 2001. Não achei nenhum vídeo com os dois cantando juntos, então me sinto na obrigação de colocar Tessa e Enrique Anaut, do Operación Triunfo 2, cantando para ilustrar.

Em Me Haces Falta, outra canção de Como Ama Una Mujer, JLo mostra mais uma vez seu lado atriz para interpretar outro videoclipe agitado com polícia, perseguição, prisão… disfarces…

Nessa primeira produção em espanhol, JLo canta também com seu ex-companheiro Por Arriesgarnos. Eles que fizeram juntos uma pequena turnê pela América do Norte em 2007.

Os dois contracenaram juntos em um longa dirigido por Jennifer Lopez não muito bem aceito pelas críticas, El Cantante, que narra a história de um cantor porto-riquenho chamado Hector Lavoe, personagem de Marc Anthony.

Em 1997, antes mesmo de seu álbum de estreia na música, Jennifer Lopez interpretou Selena no longa-metragem homônimo. O filme ajudou a alavancar a carreira de cantora de JLo, assim como divulgar o trabalho de Selena, cantora de origem mexicana morta em 1995, apesar das críticas negativas. Mesmo sendo uma das atrizes mais bem pagas de Hollywood, ela não se livrou de indicações ao prêmio Framboesa de Ouro, que premia as piores produções. Ao todo foram seis indicações.

Uma curiosidade: a música Let´s Get Loud, um dos hits mais conhecidos de JLo, presente em seu primeiro disco, foi composto por Gloria Estefan, que na época, preferiu ceder a canção para Jennifer Lopez. Em 2011 a cubana gravou sua versão para o álbum Miss Little Havana.

Eu sei que Jennifer Lopez tem músicas boas, tem essa apresentação incrível no American Idol, essa mulher não envelhece nunca, mas para finalizar, não queria relembrar esse momento, mas já que insistem, a apresentação da abertura da Copa das Copas com Pitbull e Claudia Leitte.

X