Connect with us

El Baúl De Los Recuerdos

Falsos cognatos na música latina

Published

on

E esses dias estava lembrando de algo bobo que me aconteceu na época da escola, em uma aula de espanhol, quando ainda era adolescente. É, isso já faz um tempinho…

Naturalmente, aprendi algumas palavras denominadas “falsos cognatos” (ou falsos amigos). São palavras que são parecidas, ou até mesmo se escrevem de forma igual, mas têm significados completamente diferentes.

Alguns casos sabemos bem, muita gente já viu em algum comercial ou já passou por algum constrangimento, como, por exemplo, com a palavra embarazada, que não quer dizer que a pessoa está com vergonha ou em alguma situação embaraçosa, mas sim que ela está grávida.

Inclusive uma escola de inglês e espanhol já fez vários comerciais engraçados utilizando desses falsos cognatos que deixaram as pessoas em situações constrangedoras ou que nem perceberam que os significados eram diferentes.

A banda nacional Inimigos do Rei tem uma música, da década de 1980, Uma Barata Chamada Kafka, cheia de trocadilhos e referências, entre eles, com famosa canção, da época da Revolução Mexicana, já interpretada por tantos artistas e com versão infantil até: La Cucaracha.

La cucaracha, la cucaracha

Tome cuidado com a sandália de borracha”

 

cucaracha = barata

borracha = bêbada

Uma Barata Chamada Kafka – Inimigos do Rei

 

 

Bom, voltando ao que me levou a escrever sobre esse assunto, em uma dessas aulas de espanhol, estávamos naquelas lições de destrinchar uma letra de música do momento, entender a letra, completar frases, ler os versos… E a música da vez era Corazón Partio, do Alejandro Sanz. A canção fez o cantor estourar no Brasil, durante a novela Torre de Babel, em 1999.

Eu estava lendo a letra e, quando chegou na parte:

Dar solamente aquello que te sobra
nunca fue compartir, sino dar limosna, amor.
Si no lo sabes tú, te lo digo yo.
Después de la tormenta siempre llega la calma.
pero, sé que después de ti,
después de ti no hay nada

Não sei por que, mas li limonada, ou algo do tipo, em vez de limosna, o que fez a professora gargalhar… até que ela nos explicou o significado da palavra… que nunca imaginaria se não precisasse usar…e nada mais é que esmola.

Aquela banda espanhola dos anos 1980 tem um nome que soa estranho num primeiro momento, me refiro à Presuntos implicados, que em português não tem nada a ver com o que podemos imaginar… não tem nenhuma carne de porco envolvida. Seria algo como supostos evolvidos.

 

Presuntos Implicados

 

Quando comecei a ouvir a música da Fey, Gatos En El Balcón, imaginava gatos andando em cima de algum balcão de alguma loja ou de alguma cozinha americana, mas graças ao dicionário, descobri que era varanda, sacada, e pude imaginar a letra de uma forma diferente.

 

Gatos en el balcón – Fey

 

 

Já na música da Christina Aguilera, Pero Me Acuerdo De Ti, de 2000, ela não acorda ninguém e nem faz nenhum acordo, ela apenas se recorda da pessoa.

Pero me acuerdo de ti – Christina Aguilera

 

E quem nunca fez alguma piadinha ou pensou besteira com a música La Mer? Acho interessante como algumas palavras de origem latina podem mudar o gênero dependendo do país e do idioma.

 

La Mer

Eu poderia citar outras músicas que falem algo de rato, pelado, latido, doce, engrasado, mas isso aqui ficaria enorme e interminável. Alguém tem alguma boa pra citar? Ou alguém como eu já passou algum perrengue com essas palavrinhas semelhantes? Escreva aí nos comentários para sabermos também.

 

 

 

 

X