Connect with us

El Baúl De Los Recuerdos

Eurovision: grandes vitórias da Espanha

Published

on

Logo Eurovision Espanha

O Baúl de Los Recuerdos também vai entrar no clima de Eurovision!

Para começar, algumas lembranças de participações da Espanha no festival. A última participação da Espanha no Eurovision não foi das melhores, tampouco foi das piores. 10º lugar não está tão mal. Mas os espanhóis colecionam algumas vitórias do passado.

A primeira foi em 1968, na cidade de Londres, ganhando por apenas um ponto de diferença do anfitrião Reino Unido, com Massiel cantando La, La, La. A canção teve como backing vocals o Trío La, La, La, comoposto por María Jesús Aguirre, María Dolores Arenas, e Mercedes Valimaña Macaria e foi composta por mebros do Dúo Dinámico e orquestrada por Rafael Ibarbia, que também participou da apresentação.

A letra fala sobre amor, sobre a mãe que deu a vida a ela, sobre a natureza de uma forma muito alegre.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=J4g5QYJOFzQ]

Essa música era para ter sido interpretada a princípio por Joan Manuel Serrat em catalão. Mas em cima da hora o Ditador Franco decidiu não permitir o idioma e colocaram Massiel para cantar em seu lugar por considerá-la “mais a cara do festival”.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=se24_GEA8vc]

No ano seguinte, a Espanha foi novamente campeã com a canção Vivo Cantando, interpretada por Salomé.

Uma curiosidade na apresentação é que a intérprete dançou durante sua performance, algo proibido pelo regulamento àquela época, mas não foi penalizada, em vista que outros participantes de outros países cometeram a mesma irregularidade.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=9uMRzZcSou8]

Tá, tudo bem não são tantas vitórias… Além dessas duas, Espanha coleciona quatro segundos lugares, como em 1971, com En Un Mundo Nuevo, cantada por Karina; em 1973 Mocedades interpretou Eres Tú; em 1979 Su Canción foi cantada por Betty Missiego. Em 1995 a Espanha voltou ao segundo lugar do pódio com Anabel Conde e a música Vuelve Conmigo.

O país obteve ainda terceira colocação com Lady, Lady, interpretada por Bravo, em 1984, e duas quartas posições, com Julio Iglesias interpretando Gwendolyne em 1970 em Amsterdam e, com Sergio Dalma, em 1991 com o tema Bailar Pegados.

Vamos aguardar este ano o resultado da canção Amanecer com Edurne como a Espanha vai se sair.

X