Connect with us

El Baúl De Los Recuerdos

Artistas que me surpreenderam por participarem no Eurovision

Published

on

Estamos a dois dias do início das semifinais e a seis da grande final do Eurovision que vai acontecer em Viena, na Áustria, O LatinPop Brasil está fazendo a cobertura desde os ensaios dos participantes.

Durante minhas pesquisas sobre o festival, o que mais me surpreendeu foi ver a lista de artistas famosos no mundo inteiro que ficaram conhecidos por participarem do Eurovision.

A parte de que Julio Iglesias foi jogador de futebol eu sabia, teve que abandonar a carreira após um acidente de carro no início dos anos 1960. Já no fim da década debutou como cantor, foi vencedor do festival de Benidorm, na Espanha e, no ano seguinte, em 1970, ficou em quarto lugar no Eurovision, com a música Gwendolyne, mesmo ano em que venceu o Festival da Canção de Barcelona com a mesma canção.

Em 1973 foi a vez do grande sucesso do grupo Mocedades, Eres Tú, que acabou o festival em segundo lugar. Essa é daquelas músicas cantadas em diversos países, em diversas versões e diversos idiomas. Além de espanhol, tem em basco, francês, inglês – cantadas pelo próprio grupo. Inclusive, no Brasil, José Augusto também a canta, assim como Wilson Miranda tem sua versão em português, intitulada É Você. Quem também gravou em português e em espanhol foi o jovem Luis Miguel. Ray Conniff e Perry Como têm versões semelhantes em inglês.

Mocedades – Eres Tú – Eurovision (1973)

 

 

Se foi comentado durante o programa ou àquela época eu não sei, mas outra surpresa foi saber que a diretora da Academia das primeiras edições do Operación Triunfo, Nina, representou a Espanha em 1989 cantando Nascida Para Amar, que garantiu e sexta posição.

Dile Que La Quiero é uma música do David Civera que eu conheci, mas não sabia que ela foi tema para representar a Espanha no Eurovision de 2001. O cantor, que era um dos favoritos a vencer, terminou a competição na sexta posição.

Las Ketchup, as quatro filhas do músico espanhol Juan Muñoz (Tomatito), fizeram muito sucesso com a música Aserejé em 2002, que teve até a versão em português, cantada pelo Rouge. Em 2006 representaram a Espanha cantando Blood Mary, mais uma referência com tomate. O grupo não teve um bom resultado, ficando apenas em 21º lugar.

Além dos espanhóis, não posso deixar de falar dos participantes de outros países que me surpreenderam ou que até mesmo já sabia da participação no festival, mas relembrar é sempre bom.

Tem também aquela música italiana muito famosa, Nel Blu Dipinto Di Blu (Volare), cantada em 1958 por Domenico Modugno, e que ficou em terceiro lugar naquele ano. O cantor esteve no festival três vezes representando seu país, em 1959 (Piove) e 1966 (Dio, Come Ti Amo).

O grupo sueco ABBA venceu em 1974 com Waterloo, uma das músicas mais famosas do Eurovision e, a partir daí, caiu na graça do mundo e fez muito sucesso e são conhecidos até hoje. Ainda em 1974, Olivia Newton-John, muito conhecida por seu papel no filme Grease, representou o Reino Unido cantando Long Live Love. A música ficou em quarto lugar.

ABBA – Waterloo – Eurovision (1974)

 

Céline Dion que representou a Suíça em 1988 venceu cantando Ne Partez Pas Sans Moi. Assim como ABBA, também sabia que a Céline Dion tinha participado do festival. Não necessitam apresentação, são dois nomes de muito sucesso mundial. Nesse mesmo ano, antes mesmo do sucesso de Love By Grace, Lara Fabian representou Luxenburgo e conquistou o quarto lugar na final cantando em francês Croire.

Em 2012, a canção vencedora foi Euphoria, novamente sueca, interpretada por Loreen, e teve muito sucesso internacional. A própria Conchita Wurst, vencedora do ano passado, ficou muito conhecida depois de sua participação cantando Rise Like A Phoenix, mas aí, nesse caso, já conhecia o festival.

Com Bonnie Tyler o caso é o contrário. Sucesso nos anos 1980, intérprete de canções como Total Eclipse Of The Heart, Betty Daves Eyes, Holding Out For A Hero, It´s A Heartache, entre outras, incluindo até mesmo aquela com o Fábio Jr., Sem Limites Para Sonhar. Em 2013, representou o Reino Unido com Believe In Me. Ela, que é do País de Gales, ficou em 19º lugar.

Bonnie Tyler – Belevie In Me – Eurovision (2013)

Agora é aguardar para saber a repercussão deste ano e dos próximos que os artistas eurovisivos irão ter e novas músicas para impressionar a Europa e o mundo.

X