Conecte com a gente

De Hermano Para Irmão

Sobre o retorno do Alex Ubago

Publicado

em

Hola, hermanos!

Depois do meu período de férias, é hora de voltar aos trabalhos! E não posso pensar um melhor retorno ao LatinPop Brasil que com, ao meu ver, o maior retorno da música latina em 2017: Alex Ubago.

Míranos marca a volta do cantor depois de quase cinco anos de silêncio. O seu último trabalho solo foi Mentiras Sinceras, em 2012. Em esses cinco anos, Alex só apareceu para duas colaborações. Uma em 2014, para o álbum de versões da Laura Pausini. A outra em 2015, quando lançou Los Abrazos Rotos com Amaia Montero.

A música que traz de regresso ao cantor segue o estilo dele de começo ao fim. É um pop-rock bem marcante, com versos calmos ao som do piano e um refrão mais potente. A letra de Míranos também traz a essência do Alex, contando a história de um casal que, com o tempo, acaba ficando distante e se perguntando o que aconteceu com eles.

Pessoalmente, fiquei feliz com a volta do espanhol, e me apaixonei direto pela música. Mas ela não parece ter causado a mesma impressão no mercado musical. Míranos atingiu um moderado sucesso no YouTube (até hoje, dia 8, acumulava quase 600,000 visitas), e foi um pouco melhor no Spotify (quase 2 milhões de reproduções). Nos rankings, tanto na Espanha quanto na América Latina, a música ainda não apareceu.

O pouco sucesso me surpreendeu. Desde que chegou ao #1 em praticamente todo o continente com Sin Miedo A Nada, o Alex não deixou de lançar hit após hit após hit. Fiquei com medo de que os resultados medianos (para um cantor acostumado a sucessos astronômicos) tivessem algum efeito no cantor.

Mas, felizmente, isso não aconteceu. Com Míranos, Alex também anunciou o lançamento do seu sexto álbum de estúdio, Canciones Impuntuales, que chegará em algumas semanas. E, também, uma possível turnê que o leve para toda a América Latina: estes dias, Alex está no México, promovendo o single e o novo álbum.

Alex Ubago está de volta. Ele não é o primeiro cantor a retornar depois de um afastamento prolongado. E não será o último. Mas a sua importância para a música em espanhol faz com que o seu regresso tenha um gosto especial.

De Hermano Para Irmão

5 desejos dos fãs de música latina para este Natal

Publicado

em

O Natal do fã de música latina

Hola, hermanos!

Então é Natal, gente! A música da Simone já cansou todo mundo, os anúncios de qualquer produto mostram paisagens cheias de neve (o que faz muito sentido no Brasil, claro), já estamos nos preparando psicologicamente para as piadas do estilo “pavê ou pacomê”… Aaaaaawn.

Mais um clichê destas datas é a cartinha que as crianças escrevem para o Papai Noel. Eu esteve tão empolgado com o trabalho que só agora reparei que ainda não mandei os meus pedidos para ele! Como eu sei que o correio até o Polo Norte vai tardar muito mais do que esses dois dias, vou deixar a minha lista de desejos aqui. Talvez eu tenha sorte e a Mamãe Gaby possa ajudar a eles se tornarem realidade…

5 desejos dos fãs de música latina para este Natal

O  reencontro do RBD

A novela que precisa ter um final feliz. Já deu de tira casaco, coloca casaco. Se reencontrem logo, nem que seja para um cafezinho…. E pra gente parar de falar nessa reunion!

A volta da Shakira!

Queremos a confirmação dessa tour pra ontem!

Reprise de Maria do Bairro

Acreditem: eu nunca vi Maria do Bairro. É que no ápice de popularidade da novela eu tinha uns 4 ou 5 anos, e aqui não voltaram a passar o drama da Thalia tantas vezes quanto no Brasil. Sinto que tenho uma dívida a saldar com o meu coração latino. :/

Mais artistas latinos no Brasil

Já seja para fazer shows, para gravar seriados de televisão ou apenas para divulgar algum produto, houve muitas estrelas da música latina passando pelo Brasil durante 2018. Por que não sonhar com a chegada de mais nomes para adicionar â lista de latinos que fazem sucesso em terras tupiniquins?

Nudes do Maluma

Ou do Álvaro Soler. Ou do Tiziano Ferro. Ou de qualquer outro, porque nudes não se recusam. ¯\_(ツ)_/¯

Continuar Lendo

De Hermano Para Irmão

Conheça os participantes do Junior Eurovision 2017 (Parte 2)

Publicado

em

Maria Iside Fiore vai representar a Itália no Junior Eurovision 2017

Ontem, começamos a repassar as músicas que participam do Junior Eurovision Song Contest (JESC) deste ano. O evento acontecerá no próximo domingo, día 26, No Palácio Olímpico de Tbilisi, Geórgia, com transmissão via Internet a partir das 13h (Horário Brasileiro de Verão).

Vamos ver as oito músicas restantes?

Junior Eurovision 2017: Conheça os concorrentes

Itália | Maria Iside Fiore – Scelgo (My Choice)

Nascida em Carrara em 2004, Maria Iside Fiore representará o país da bota. A sua música é Scelgo (My Choice), uma balada pop super italiana que lembra um pouco as músicas da Annalisa.

Macedônia | Mina Blažev – Dancing Through Life

Mina Blažev nasceu em Skopje, Macedônia, em 2003, e foi escolhida para representar o seu país com Dancing Through Life. A música é um pop com batidas eletrônicas e R&B super marcantes e contemporâneas.

Malta | Gianluca Cilia – Dawra Tond

O super carismático Giancula Cilia será o encarregado de representar a ilha de Malta no JESC deste ano. Nascido em 2007, o menino cantará Dawra Tond, um pop com lembranças retro super movimentado e com um refrão inesquecível.

Polônia | Alicja Rega – Mój Dom

Nascida em 2003 na cidade de Łysa Góra, Alicja Rega venceu a seletiva polonesa com Mój Dom. A música é uma balada clássica que deixa a cantora mostrar toda a força da sua voz.

Portugal | Mariana Venâncio – Youtuber

Vencer o Eurovision de adultos fez o Portugal voltar para o Junior Eurovision depois de uma década de ausência. E a encarregada de trazer o país de volta é Mariana Venâncio, nascida em Lisboa em 2006. A menina cantará Youtuber, um pop contemporâneo e bem calmo.

Rússia | Polina Bogusevich – Wings

Polina Bogusevich nasceu em Moscou em 2003. Ela já participou da versão russa para The Voice Kids e este ano venceu a seletiva do seu país com Krylya, depois adaptada como Wings. A música é uma balada R&B super potente que conta com um vídeo muito emotivo.

Sérvia | Irina Brodić & Jana Paunović – Ceo Svet Je Naš

O único dueto da edição vem da Sérvia, que será representada por Irina Brodić e Jana Paunović. A música é Ceo Svet Je Naš, um pop com ar retrô que é uma fofura!

Ucrânia | Anastasiya Baginska – Don’t Stop

A última das 16 músicas participantes vem da Ucrânia. Anastasiya Baginska nasceu em 2005 em Kiev, e venceu a seletiva do seu país com Don’t Stop. A canção é uma balada pop com batidas R&B e um refrão forte.

Continuar Lendo
Anunciantes

Playlists

Anunciantes
X