Conecte com a gente

Ahh... Itália

5 hits de verão na Itália em 2016

Publicado

em

Benji & Fede junto com Xriz, no video clipe de Eres Mía, um dos maiores hits de verão este ano na Itália

Olá, leitores do LatinPop Brasil!

Há pouco mais de um ano, o Ahh… Itália listava os cinco maiores hits de verão na Itália em 2015. Compunham a lista: Summer, de Federico Giova e Jazze Pha; Lean On, de Major Lazer, DJ Snake e Mø; # Fuori C’è Il Sole, de Lorenzo Fragola; El Mismo Sol, de Alvaro Soler; e Roma – Bangkok, de Baby K e Giusy Ferreri.

Nos últimos dias de setembro, o Hemisfério Norte (incluindo a Itália) assistiu ao término do verão e, consequentemente, o início do outono. Portanto, chegou a hora de revisitar o tema. Como em 2015, esta coluna decidiu listar os cinco summer hits que alcançaram maior destaque nas paradas musicais italianas.

Vale lembrar: a lista que virá a seguir enumera somente os hits de verão. Em outras palavras, apenas as canções que foram feitas especialmente para a estação. As canções “normais” não estarão no ranking. Por exemplo: 7 Years, do Lukas Graham, foi um enorme sucesso no verão italiano, mas não foi uma canção criada para ele (simplesmente calhou de se tornar hit durante o período).

5. Benji & Fede feat. Xriz – Eres Mía

Há uma onda por toda a Europa, que está especialmente forte na Itália: a noção de que um bom summer hit precisa ser, ao menos parcialmente, em espanhol. Benji & Fede entraram nesta onda, com Eres Mía, ao lado de Xriz. O sucesso da canção foi questão de (curto) tempo.

4. Emma – Il Paradiso Non Esiste

Durante o período que estive em Roma, em julho (quando fui ao show da Annalisa), era impossível ligar uma televisão e ficar meia hora em um canal de música sem que Il Paradiso Non Esiste tocasse. Cheguei a escutá-la mais de uma vez no mesmo dia, na mesma emissora!

3. Alvaro Soler – Sofia

Alvaro Soler é o único nome a estar presente nas duas listas de summer hits (a do ano passado e esta atual). O sucesso de El Mismo Sol foi gigantesco em 2015, mas deixava a dúvida: seria ele um artista de one-hit wonder (aquele que tem uma música no topo das paradas, mas depois não consegue emplacar nenhum outro single)? Sofia foi a resposta. Estourou por todos os lados e teve na Itália (novamente) uma de suas melhores recepções.

2. Alessandra Amoroso – Vivere A Colori

Se Il Paradiso Non Esiste era presença insistente nas emissoras musicais da Itália, havia um summer hit local que se fazia ainda mais presente: Vivere A Colori, da Alessandra Amoroso, tocava muito. Muito. O dia inteiro! Quase cheguei a cansar, tamanha a repetição – mas não cansei; a canção é boa demais!

1. Enrique Iglesias feat. Wisin – Duele El Corazón

Ousaria dizer que Duele El Corazón não foi o principal summer hit de 2016 somente na Itália. Diria que foi na Europa Ocidental inteira. Durante a minha viagem de férias, estive em muitos países. E a canção de Enrique Iglesias e Wisin tocou em todos eles – sem exceção. E a Itália foi recordista: disparadamente, a nação onde mais escutei o novo sucesso do filho do senhor Julio. No transporte público, em estações de rádio, em shopping centers… não havia um canto em que a faixa não se fizesse presente.

Ahh... Itália

As dez melhores músicas da Itália em 2016 (parte 2)

Publicado

em

Comunque Andare, da Alessandra Amoroso, é uma das melhores músicas da Itália em 2016

Olá, leitores do LatinPop Brasil!

Assim como em 2015, este colunista listou suas dez músicas da Itália prediletas lançadas durante o ano. Semana passada, esta retrospectiva teve seu início, apresentando as músicas que ocuparam do 10º ao 6º lugar do ranking. Hoje, concluiremos o top ten, exibindo os cinco singles que, na opinião do Aah… Itália, foram os melhores de 2016.

Aproveito o momento para desejar a todos os leitores um 2017 maravilhoso, cheio das mais belas emoções e memórias – e com muita música italiana de primeira qualidade!

Aqui está o, a meu ver, top five da Itália em 2016:

As 10 melhores músicas da Itália em 2016 – Parte Final

5. Emma – Io Di Te Non Ho Paura

Emma renascida, melhor do que nunca, com uma canção extremamente forte, em todos os aspectos – voz, letra, clipe…

4. Marco Carta – Non So Più Amare

Sim, uma canção do Marco Carta já esteve na lista deste ano: Stelle, na 7ª colocação. Porém, como escrevi semana passada, Come Il Mondo foi o melhor álbum de 2016 – tão bom, que dois singles mereceram estar neste top ten. Non So Più Amare é a perfeição do pop-rock.

3. Simonetta Spiri, Greta, Verdiana, Roberta Pompa – L’Origine

Simonetta, Greta, Verdiana e Roberta são quatro mega talentos, com quatro vozes excelentes. Primeiramente, elas lançaram L’Amore Merita – e deram a sensação de que ficaram devendo. Mas a segunda tentativa pagou essa dívida, com muitos juros: L’Origine foi capaz de reunir o que há de melhor das quatro. Viciante!

2. Alessandra Amoroso – Comunque Andare

Após um período um pouco estranho na carreira, em que dava a impressão de que talvez estivesse em decadência, a Alessandra Amoroso renasceu em 2015 e 2016, mostrando que ainda tem muita lenha para queimar. Comunque Andare é daquelas músicas que dá para ouvir em repeat eterno, sem cansar.

1. Elisa – No Hero

2016 foi o ano da Elisa. Comunque Andare é composta por ela. No Hero, também. E, a meu ver, No Hero não é só indiscutivelmente a melhor música italiana de 2016: é a melhor canção do ano do mundo inteiro! Incomparável!!

Vale ressaltar: este ranking não tem a menor pretensão de ser definitivo, e nem é a lista oficial do LatinPop Brasil, que você confere a partir do dia 1º de janeiro! Este é um top ten exclusivamente meu, com o meu gosto pessoal – as dez canções que eu mais curti durante 2016.

Continuar Lendo

Ahh... Itália

As dez melhores músicas da Itália em 2016 (parte 1)

Publicado

em

Imagem do vídeo clipe de 100 Mila Watt, da cantora italiana Dolcenera, um dos melhores lançamentos da músicas da Itália em 2016

Olá, leitores do LatinPop Brasil!

Fim de ano não é fim de ano sem que haja listas e mais listas com o que de melhor (e de pior) o período ofereceu. E o Aah… Itália não poderia fugir à regra: assim como em 2015, este colunista reserva as duas últimas semanas de dezembro para elencar as dez melhores canções italianas que foram lançadas durante o ano.

Vale ressaltar: este ranking que eu oferecerei não tem a menor pretensão de ser definitivo, e nem é a lista oficial do LatinPop Brasil. Ele é um top ten exclusivamente meu, com o meu gosto pessoal – as dez canções que eu mais curti durante 2016. Portanto, sintam-se no direito de discordar (ou de concordar, óbvio, que eu acharia ótimo!) e, inclusive, criar suas próprias listas na nossa área de comentários.

Neste texto, apresentarei as canções que ficaram do 10º ao 6º lugar. No da próxima semana, virá o top five. Só para guardar um pouquinho de suspense, sabe como é, né?

As 10 melhores músicas da Itália em 2016

10. Giusy Ferreri – Come Un’Ora Fa

É a canção que mostra, para quem só a conhecia de Roma-Bangkok, que a Giusy tem muito mais a oferecer do que pode demonstrar no dueto com a Baby K.

9. Arisa – Una Notte Ancora

Com Uma Notte Ancora, Arisa demonstrou rara versatilidade – explorando campos da música pop que eram inéditos em sua carreira. Uma canção que, além de excelente, foi surpreendente.

8. Modà – Passione Maledetta

Passione Maledetta é o single que o Modà vinha precisando, para mostrar que ainda está no auge. Estupendo!

7. Marco Carta – Stelle

O Marco Carta teve um ano brilhante, com o – a meu ver – melhor álbum italiano de 2016. E Stelle é um dos principais destaques deste trabalho.

6. Dolcenera – 100 Mila Watt

É sempre ótimo ver a Dolcenera sendo a Dolcenera!

Continuar Lendo
Anunciantes

Playlists

Anunciantes
X